Dark Mode Wh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Rui Ramos

Colunista

Nasci a 22 de Maio de 1962, licenciei-me em história na Universidade Nova de Lisboa, e doutorei-me em ciência política na Universidade de Oxford. Sou professor e investigador no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e professor convidado do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica. Escrevi, entre outros livros, A Segunda Fundação (1890-1926), volume VI da História de Portugal dirigida por José Mattoso (Círculo de Leitores), e a História de Portugal (Esfera dos Livros, em co-autoria com Bernardo de Vasconcelos e Nuno Monteiro), que recebeu o Prémio D. Dinis em 2009. Na imprensa, tive uma coluna semanal no Diário Económico (2005), e depois no Público (2006-2009), Correio da Manhã (2009) e Expresso (2010-2013). Colaborei em programas de debate semanal na RTP-N, TVI-24, SIC-N e Canal Q, e fui autor da série de 12 episódios “Portugal de...”, da RTP-1 (2006-2007).

Artigos publicados

Eutanásia

E o direito de ter dúvidas, não temos?  /premium

372
Na eutanásia, trata-se de cruzar mais uma linha vermelha relacionada com a “sacralização” da vida humana. Ficará assim provado que não há limites para o exercício do poder político sobre a sociedade
PSD

Os nomes das coisas /premium

A estratégia de Rui Rio é boa para inserir o PSD no sistema socialista, e deixar o PSD, como disse Poiares Maduro, jogar “o jogo de António Costa”. Mas quem ganha quando se faz o jogo do adversário?
Brexit

A “luta de classes” voltou à Europa? /premium

227
Fará sentido dizer que há na Europa uma nova "luta de classes", entre elites internacionalizadas, que desprezam as nações, e plebes que se recusam a abandonar as suas tradições nacionais?
Partido LIVRE

António Costa apresenta o Circo Joacine-Ventura /premium

371
Perante Joacine, o PCP e o BE fazem o que devem: ignoram e estão calados. Porque é que a direita não tem a mesma inteligência perante André Ventura?
CDS-PP

António Pires de Lima confessou que é fascista? /premium

321
Vamos certamente assistir à multiplicação de “fascistas” e de “populistas”, não porque haja mais “fascistas” e “populistas”, mas porque os que mandam há muito tempo estão com medo de deixar de mandar.
Congresso do CDS

O partido que não sabe o que lhe aconteceu /premium

411
O CDS fixou-se em André Ventura como se a concorrência do Chega tivesse sido a razão do seu descalabro eleitoral. Não foi, e o CDS precisa de um líder que lhe faça esquecer Ventura.
Angola

Uma descolonização por fazer /premium

634
A história por detrás dos Luanda Leaks é a de uma descolonização por fazer: em 1975, a colonização europeia foi apenas substituída pela colonização de marxistas-leninistas que agora são milionários.
PSD

Porque é que Rui Rio não é um perigoso radical? /premium

496
Porque é que as esquerdas não estão a chamar “liberal”, “populista”, ou “fascista” a Rui Rio? Porque não têm medo que ele ganhe eleições como Sá Carneiro, Cavaco ou Passos ganharam.
PSD

O dilema do PSD: ajudar o PS, ou ajudar o país? /premium

242
Para quem acha que a influência do PCP e da extrema-esquerda na governação é um problema, conviria talvez perceber que a única maneira de diminuir essa influência é afastar o PS do governo.
Médio Oriente

É desta vez que o mundo vai acabar? /premium

263
O alvoroço apocalíptico à volta da guerra do Iraque, da crise de 2008 ou da eleição de Trump tem servido aos inimigos da democracia e da economia de mercado para voltarem a atacar o “capitalismo”.
Orçamento do Estado

O excedente de esquerda /premium

571
O “excedente pago pelos contribuintes” é bem o que poderíamos esperar desta esquerda instalada no Estado, e decidida a sacrificar a sociedade para alimentar as suas clientelas.
RTP

A televisão de César /premium

251
O problema da RTP não está nesta ou naquela pessoa. O problema da RTP está em ser propriedade do Estado, e de essa propriedade justificar em Portugal, com boas razões, todas as dúvidas e suspeitas.
Reino Unido

Louvor e clarificação de Boris Johnson /premium

251
Numa Europa com governos sem maioria e sistemas partidários subvertidos, o Reino Unido é agora governado por um dos partidos tradicionais com uma grande maioria parlamentar. Nada mal para um palhaço.
Alterações Climáticas

O outro perigo das alterações climáticas /premium

375
As alterações climáticas não são apenas uma ameaça à vida no planeta. São também, pelo tipo de campanha que inspiram e pelas causas nefastas a que dão abrigo, uma ameaça aos regimes democráticos.
PSD

A ficção partidária de Rui Rio /premium

154
Rui Rio acha que o PS e o PSD estão de boa saúde. De facto, PS e PSD são pequenas organizações, que vivem do Estado e dependem do sistema eleitoral e da abstenção para dominarem o parlamento
Serviço Nacional de Saúde

A cubanização do SNS /premium

873
O SNS ameaça agora tornar-se a RDA dos médicos especialistas portugueses. Mas o socialismo acaba sempre assim, num muro qualquer para impedir as pessoas de fugir do seu paraíso.
Comunismo

Comunismo e fascismo: escolha o pior /premium

978
Os comunistas invocam as abominações do fascismo para relativizar as suas próprias abominações. Mas nem o comunismo deve servir para branquear o fascismo, nem o fascismo para branquear o comunismo.
Espanha

Que diferença faz hoje um governo? /premium

As finanças dos países do euro são controladas pela UE; as suas fronteiras, no que diz respeito a migrações, são guardadas pela Turquia e pelas milícias líbias; a sua defesa depende dos EUA.
Partido LIVRE

A deputada que não precisa de falar /premium

363
O objectivo da eleição de Joacine Katar Moreira não foi fazer entrar uma voz (como se costuma dizer) na Assembleia da República, mas um símbolo. Ela foi proposta simplesmente como mulher e como negra.
Partido Chega

Escândalo do século: Ventura afinal não é racista /premium

1372
De acordo com os seus inimigos, André Ventura, a quem até agora chamaram racista, afinal não é racista. E, muito indignados, falam de hipocrisia. Mas onde está a impostura?
A página está a demorar muito tempo.