Crónica

Crónica

Deputados da Danação /premium

296
A AR não é só doutores que fabricam currículos, é também representantes de profissões humildes, como a deputada Mercês Borges, ascensorista, como se vê pelo modo com que carrega em botões pelos outros
Crónica

A relação dos homens com o cesto da roupa suja /premium

885
Há alguns raríssimos homens abençoados, lindos, iluminados e bem educados que fazem esse ato de grandeza, que é simplesmente colocar a roupa toda dentro do cesto da roupa suja. Coisa maravilhosa.
China

Mariquinhas da Inquisição e histórias de encantar /premium

1.795
Da anexação do Ritz e do trânsito lisboeta à tomada da EDP, do BCP e etc., é natural notar-se quem manda e quem obedece. Mas o prof. Marcelo escusava de tornar a diferença de estatuto tão evidente.
Emmanuel Macron

… e um príncipe mongol /premium

Não é de estranhar que surjam por aí muitas vozes, que não se limitam às dos maluquinhos do costume, a decretarem que, em democracia, o combate ao aquecimento global nunca terá sucesso.
Crónica

Despedida /premium

166
Foi um gosto ter escrito aqui durante 4 anos e meio, desde o 1º dia. Conheci a ambição, alegrei-me com o crescimento, rejubilei com o sucesso. Escrevi, em total liberdade, sobre os mais variados temas
Crónica

António Patrício Gouveia /premium

294
Tínhamos a vitalidade e o convencimento intactos. Acreditávamos. Talvez porque após a tormenta da revolução soubéssemos o país bem entregue. E nós, com ele.
Crónica

A cura pelo visível /premium

De qualquer maneira, tudo tem um lado bom. O “como é que se entretém?” da enfermeira Daniela promete uma resposta fácil para os dias vindouros de futuros entretenimentos: com formas, só com formas.
Crónica

Recordar António Patrício Gouveia

656
O António marcou profundamente a minha vida. A ele devo a referência moral e espiritual que sempre me tem acompanhado até hoje. Para mim o tempo nunca terá poder sobre a sua memória e a desses dias.
Crónica

No que pensamos quando o avião está caindo /premium

1.447
Pensamos, acima de tudo, em Deus. Os que acreditaram nele a vida toda, os que tinham dúvidas e aqueles que têm toda certeza da sua inexistência. Todo mundo pensa em Deus quando o avião parece cair.
Crónica

Questões afetivas, sexuais e outras /premium

107
Ler o que escreve Halík dá que pensar e ajuda a pôr muita coisa em perspetiva. Amanhã estará em Lisboa e vai, também ele, encher auditórios e anfiteatros. Vem para colocar o dedo em muitas feridas.
Crónica

Elogio da Água

Esta água é a mesma que vem das chuvas: a água que cria, que revitaliza, que regenera. Imagem perfeita do devir e do retorno, a água retoma o seu ciclo, na viagem que empreende entre o Céu e a Terra.
Crónica

A Parábola, a Pintura e o Pródigo

O Filho Pródigo de Rembrandt alerta que a diferença masculino/feminino é essencial no quotidiano. E que os desdobramentos desta complementaridade nos comportamentos são absolutamente desejáveis.
Crónica

As aventuras da coerência /premium

Até certa altura pensei que a chamada “esquerda” era depositária da tradição de liberdade e garantia da democracia. Mas uma observação das suas reacções políticas mostra algo diferente e inquietante.
História

As oito reflexões de Hideyoshi

142
Não será que hoje se age, fala e se publicam tweets depressa demais? Se se toma uma decisão irrefletida e danosa, ao menos que haja coragem moral para se retificar o que houver a retificar. Ao menos.
Crónica

A “direita do Observador”, ou Eu não sabia de nada /premium

3.898
Já chega que os eleitores brasileiros, americanos, ingleses, italianos ignorem os alertas da esquerda e façam o que lhes apetece. Não há direito que um jornal, para cúmulo português, repita a afronta.
Crónica

O verde dos Açores, neste Outono vivo /premium

1.544
A Terceira é tudo isto e bem mais, uma de nove ilhas onde não há lixo no chão, onde todos os campos estão impecavelmente tratados e cada horta, pasto ou lameiro parece não ter uma planta fora do lugar
Crónica

Portugal: perdidos & achados /premium

1.185
Portugal em anúncios classificados. Há stock de fascistas. Mestre espiritual para a Segurança Social. Alvíssaras e ilusionistas. Apelos pelo líder da oposição e pelo desaparecido Trib. Constitucional
Crónica

A propósito de ditaduras /premium

2.292
Não há que enganar, embora o engano seja língua franca: fala-se na ditadura que aí vem para dissimular a ditadura que deveria vir. Agitar tiranos hipotéticos é estratégia típica de tiranos comprovados
passeio aleatório

Nunca tinha ido a Moscovo /premium

195
Na última edição do estudo TIMSS, em 2015, os nossos estudantes passaram à frente de 36 países, incluindo a Finlândia! Como é possível ter passado à frente do país modelo da educação europeia?
Política

É fácil ser de esquerda em Portugal /premium

1.412
Ser de esquerda em Portugal é demasiado fácil porque se diz o que vem à cabeça sem que daí se retirem quaisquer consequências. É fácil, mas também perigoso.
Crónica

Até para a semana, se Deus quiser! /premium

2.670
Encanta-me que toda e qualquer pessoa possa despedir-se dos outros com liberdade com um “até amanhã se Deus quiser”. Se isso for o que de melhor tem para lhes oferecer, quem sou eu para condenar?
Crónica

Made in China

185
A comunidade portuguesa em Macau vai perdendo os seus direitos e detém cada vez menos peso em termos de negociação e decisões no território.
Crónica

Dá-me um teclado e sou um herói

850
E é assim que passamos pela vida: a ofender com leviandade aqueles que não pensam como nós, através de um computador. Conseguem imaginar algo mais ridículo e desprezante que isto?
Crónica

Notícias do meu (ai, ai) país /premium

2.326
Se tomarmos os espécimes à exacta medida do que valem, tudo o que envolve o dr. Louçã e o prof. Freitas – “intelectuais” na perspectiva de um maquinista da CP – contém inegável potencial humorístico.
Crónica

Portugal enlouqueceu? /premium

491
A semana revelou uma imprensa de voyeurs, um país sem Defesa, um governo que não respeita princípios democrático e um líder da oposição com tiques de chefe autoritário. O futuro de Portugal promete.
Crónica

Viagem ao nosso centro

167
Escrevo contemplando um sol penetrante que se vai extinguindo por entre as árvores altas, preparando-se para se pôr. Está na altura de fechar o caderno, e de ir lá para fora. Mas não esqueço isto aqui
Crónica

Perspetiva económica

210
Kōan (para leitura meditada, com a coluna bem direita, preferencialmente com uma inspiração e expiração profunda entre cada frase, acompanhada de visualização pausada de cada episódio)
Crónica

A união faz a força bruta /premium

1.337
Por um instante, acreditei que haveria vida inteligente algures entre o “feminismo” e o “machismo”. Já não acredito. Aliás, começo a não acreditar em coisa nenhuma e a apreciar poucas.
Política

Introdução ao festivo-fascismo /premium

Não se contam as vezes que o festivo-fascismo se dá a ver, normalmente de maneira gritante, e sempre reivindicando uma justeza e uma pureza de sentimentos muito acima da média do comum dos mortais.
Crónica

Fake news: poder da mentira e mentiras do poder

A angústia actual perante o discurso da “pós-verdade” (post-truth) e das “notícias falsas” (fake news) é sinal de que a verdade não desapareceu, antes continua actuante, apesar de todas as distorções.
Crónica

O melhor país do mundo /premium

2.844
Os poucos que assistem à farsa com o horror que esta merece aproveitam para se despedir do melhor país do mundo a fingir que não é uma vergonha, nas mãos de criaturas que não têm nenhuma.
Crónica

Apenas leia o raio do meu e-mail /premium

1.063
O frenesi da nossa era faz com que as pessoas estejam tão, mas tão impacientes e superficiais a ponto de não conseguirem ler dois ou três parágrafos com um mínimo de atenção.
Crónica

Os idiotas polivalentes /premium

A sociedade, para o idiota polivalente, é uma superfície lisa onde todas as diferenças não apenas são artificiais (como, em certa medida, de facto o são), mas também elimináveis da primeira à última.
Crónica

As cidades capturadas /premium

226
Um dia Veneza será afogada pelos turistas, Barcelona fechará as portas, o Monte de São Michel soçobrará, Roma sucumbirá. E Florença talvez já tenha colapsado sem que ainda não se tenha dado por isso.
Crónica

Venezuela e alterações climáticas /premium

142
A abjecção política pode sempre encontrar avenidas para se espraiar. A actual situação da Venezuela (incluindo certas reacções a ela) é apenas o mais recente dos exemplos.
Crónica

Episódios da política portuguesa /premium

Uma conversa em Belém. Outra na São Caetano à Lapa. E um telefonema por causa da Web Summit. Não se assustem: qualquer semelhança entres estes episódios e a realidade é pura coincidência.
Crónica

Não chame uma mulher de meu anjo /premium

3.285
É muito mais fácil chamar uma mulher pelo nome. Ou de você. Ou de tu. Ou de senhora. Reserve seus tratamentos “carinhosos” para quem esteja com alguma vontade de recebê-los.
Crónica

Diálogos de um Verão abrasador /premium

Vocês podem limpar as matas à vontade, isto vai arder tudo na mesma, se não for neste ano, é no próximo”, o miúdo anda armado em ecologista, felizmente o pai riposta, homem batido.
Crónica

Lista de Verão, de António Costa à Volta à França /premium

285
Temos um primeiro-ministro com tendência para a encenação e a graçola. O ridículo e o obsceno convivem bem e ele, honra lhe seja dada, sabe harmonizá-los como ninguém. A plasticina mental é invencível
Crónica

Gente que trabalha bem: uma espécie em extinção /premium

24.002
Uma professora minha dizia que vivemos na era do pacto da mediocridade. Um estranho cenário no qual basta não ser medíocre para já sermos tidos como acima da média.
Pais e Filhos

Isto é como andar de bicicleta

Acho mesmo que uma das razões pelas quais os homens têm mais de um filho é porque, com o tempo, se esquecem do que custa ensinar uma criança a andar de bicicleta.
Crónica

Crónica de Verão: acantologia da minha avó (ii) /premium

São “baboseiras”, palavras vulgares, lugares-comuns (isto é, comuns no tempo da minha avó que viveu ainda a 1ª República) contra os cânones e em nome de sentimentos nobres que já quase não valorizamos
Crónica

Os ridículos semideuses do mundo corporativo /premium

930
Cria-se, dentro das empresas, uma risível cultura que prega tacitamente que existem dois tipos diferentes de pessoas. Quase um sistema de castas corporativo.
Crónica

Sete dias na selva /premium

2.031
“Os Maias” são demasiado explícitos na chacota do pardieiro em que vivemos, o que aborrece os donos do pardieiro e os leva a preferir “humanistas” como Alegre ou as senhoras da colecção “Uma Aventura"
Crónica

O presente /premium

Uma vez designados os agentes do Mal, definidos como os que põem as nossas crenças em questão, dispensamo-nos de analisar o que dizem e de avaliar a eventual razão que, num ponto ou noutro, possam ter
Crónica

A fábula da “croissanterie” dos ovos de ouro /premium

142
Somos de extremos. E acreditamos nos que nos dizem sermos os melhores, como acreditamos quando afirmam sermos os piores, sobretudo se for dito por estrangeiros. Somos estrangeirófilos com orgulho.
Crónica

Uma sismografia /premium

Não nos reconhecermos nos sublinhados que outrora fizemos nos livros mostra que já não somos os mesmos, ainda que respondamos pelo mesmo nome e que os livros velhos ainda sejam nossos.
Crónica

A espanhola ácida e o primo dela

375
Um ano mais tarde recebemos no hospital uma fotografia da Sara, sorridente e a fazer sinal de vitória. Por trás, escreveu a agradecer e terminava com “Eu estou bem. Milhões de beijos de Espanha, Sara”
Crónica

Neymar: pequeno grande vilão? /premium

479
Podemos culpar o Neymar pela queda do Brasil? Não exclusivamente. Mas é evidente que a falta de maturidade do menino-que-já não-é-mais-menino teve um preço alto para toda uma nação.
Três Parágrafos

As camadas geológicas de Tolentino /premium

1.454
Tolentino é um homem, um padre e um poeta que todos conhecemos, mas também desconhecemos. Reservado e, por vezes, um pouco distante, começa tudo com um silêncio, que pode ser uma escuta ou uma espera.
Crónica

Estar vivo /premium

Uma das coisas maravilhosas dos seres humanos é a nossa tenacidade para fazer planos, nem que seja o plano de regar as plantas logo à noite, porque é Verão.
Crónica

Os portugueses e a vergonha de torcer por Portugal /premium

1.201
Se há um país onde as cores deveriam tomar as ruas, escolas e bares, era Portugal, tão verde e tão vermelho. Se há um país que não deveria ter vergonha da sua camisa, esse país era Portugal.
Crónica

A lobotomia nasceu aqui /premium

1.202
Quando não estão a pagar impostos ou a ver a CMTV, as vítimas vão tirar “selfies” com os carrascos e prometem-lhes devoção e votos. Os portugueses apreciam ser humilhados ou não percebem o que são?
Crónica

Pensar com as mãos /premium

122
A caligrafia é uma técnica humana que acompanha o pensamento. O que perdemos ao deixarmos de ser capazes de pensar com as mãos e de transmitir às mãos aquilo em que estamos a pensar?
Crónica

As mulheres que sentem culpa pelo próprio sucesso /premium

438
Nós, mulheres, fomos ensinadas a lidar com os fracassos e a seguir em frente. Já é hora de aprendermos a lidar bem com o nosso sucesso, a termos orgulho dele e certeza do nosso mérito.
Crónica

Banca, futebol, construção civil: a nossa desgraça /premium

722
A banca está mais ou menos colocada na ordem. O futebol está bem encaminhado para isso. Falta a construção civil.
Crónica

A visita ao bispo e outras histórias /premium

Duas Europas que se olham com azeda desconfiança cada uma combatendo com as suas iradas tropas, em surdina ou com estrondo, o antagónico universo da outra. Um combate entre dois desastres.
Crónica

Longe da praia /premium

Não ser daqui não é apenas não ter aquilo a que se costuma chamar uma terra, mas passar por aqui sem um reconhecimento da natureza — paralelo do reconhecimento humano, muitas vezes também ausente.
Crónica

As cidades /premium

Compreender uma cidade é chegar ao sentimento de a perceber, na sua variedade, como um todo, mesmo que seja um todo do qual temos, de muitas das suas partes, uma percepção obscura e quase inconsciente
Seleção Nacional

Crónica. O bilhete só valeu pelo "bilhete" do João

A defesa ainda não está no ponto. Nem o meio-campo está. Valeu este jogo de preparação pelo golaço (que golaço foi...) de João Mário e o rasgo (ainda que algo tímido) de Quaresma e Bernardo.
Crónica

Parem de falar sobre o Sporting /premium

1.821
Nunca vi no Brasil, o famoso país do futebol, uma questão relativa ao esporte que tomasse tamanhas proporções como a do caso de Bruno de Carvalho no Sporting.
Crónica

Uma semana portuguesa, com certeza /premium

916
É impressionante como os socialistas exibem uma ignorância tão vasta em todos os domínios terrestres e, não obstante, conseguem acumular pequenas fortunas pessoais e, para cúmulo, governar tão bem.
Filosofia

Democracia e formas simbólicas /premium

O estudo da história do pensamento político recorda-nos o retorno maciço do pensamento mítico com o nazismo, alertando para o perigo de uma única forma simbólica se apoderar de todas as restantes.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)