Crónica

Liga Europa

Chama o Antoine (a crónica do Marselha-Atlético)

Numa final com travo sensaborão em Lyon, o Atlético voltou a erguer (é a terceira vez) a Liga Europa, batendo (3-0) o Marselha. Antoine Griezmann resolveria a final com um bis.
Sporting

Tudo preso por arames. E o Sporting pendurado

Nem o empate serviria. E o empate até seria o mais justo. Mas o Sporting acabou mesmo derrotado (2-1) na Madeira e vê a Champions escapar para o outro lado da Segunda Circular.
Crónica

Eurovisão, um epílogo

1.442
Depois dos píncaros, caímos pelo Olimpo abaixo. A Eurovisão, versão Lisboa, pôs as coisas no devido lugar, consagrou um favorito e deixou poucas saudades.
FC Porto

Crónica. Havia um recorde para bater. E bateu-se

Foi um daqueles encontros de que ninguém se recordará. Fraco. Afinal, estava tudo resolvido e o campeão tinha já a cabeça nos Aliados. Mas ainda houve tempo para Conceição superar Mourinho.
Crónica

Chefe é mais importante que filho /premium

3.864
É assim quem se passam todas as nossas semanas. Reunião em vez de filho. Cliente em vez de casamento. Burocracia em vez de saúde. Investidores em vez de amigos. Amigos distantes em vez de amores.
FC Porto

Crónica. O campeão não brinca em serviço

150
Festa só no final. Mesmo sabendo que, acontecesse o que acontecesse, o "caneco" não fugiria, os portistas quiseram sempre vencer. E venceram. E por fim lá festejaram.
Benfica

Crónica. O bolso leonino já tilinta

123
No primeiro tempo o Benfica dispôs sempre das melhores chances para alcançar a vantagem. Não alcançou. Na segunda a qualidade decaiu e isso só ao Sporting interessou, que mantém o segundo lugar.
Benfica

Crónica. Se isto é um campeão

266
O Benfica quase entregou o título aos portistas e pode, a uma semana de ir a Alvalade, ter também comprometido o segundo lugar e o acesso à "Champions".
Crónica

Não se esqueça que você é apenas a madrasta

1.185
Os pais têm aquela tal garantia eterna do amor incondicional. Mas à madrasta, resta-lhe entregar-se aos filhos da pessoa com quem vive, sem saber se um dia, lá na frente, esse afeto será reconhecido.
Liga Europa

Tudo o que podia correr mal... correu assim-assim

Na primeira 1.ª mão das meias-finais da Liga Europa, o Arsenal engoliu o Atlético. Podia ter resolvido a contenda já? Podia. Mas Oblak defendeu tudo e Griezmann empatou (1-1) no perto do final.
FC Porto

Crónica. Com ele é outra coisa

125
Marega fez o primeiro, assistiu no terceiro, e foi decisivo (outra vez) na goleada portista, 5-1, ao Vitória de Setúbal.
Primeira Liga NOS

Crónica. A redenção de Herrera

184
Se o Benfica foi melhor numa primeira parte fraca, o FC Porto superiorizou-se (em chances) na segunda e acabaria mesmo por conseguir a vitória e, mais importante para os de Conceição, a liderança.
Crónica

Os brasileiros que me envergonham

3.609
Existe uma leva de brasileiros que há 10 ou 15 anos se mudaria para Miami, mas que agora decidiu vir para Portugal para “se livrar do terceiro mundo”. Têm muito dinheiro, mas pouco na cabeça.
FC Porto

Aves? Check! Venha de lá esse clássico

Antes do clássico com o líder Benfica, domingo, o FC Porto fez o que lhe competia e derrotou o Desp. Aves: 2-0.
Crónica

É difícil ser adulto em Portugal

1.470
A vida é levada muito mais a sério pelos portugueses do que pelos brasileiros. Por isso, em Portugal, quando abandonamos a infância temos que abandonar tudo o que se relacionava com ela.
Crónica

Crónica pascal: a raiz quadrada de zero

142
A vida é um mosaico sem fim de rostos como os nossos, da nossa gente, boa ou má. Mas o ódio e o amor não se devem confundir, sob pena de ser zero a sua soma. E o zero não se multiplica, nem se divide.
Seleção Nacional

A parte boa disto? É que não pode ser pior

157
A Seleção foi goleada (3-0) pela Holanda. Pior: vulgarizada. Um exemplo? O guarda-redes holandês, Cillessen, "assistiu" ao particular no melhor lugar do estádio. Piorar é difícil. E isso é bom.
União Europeia

Educação política

Os discursos sobre a economia nacional que falam grosso contra os chamados “mercados” e que alucinam as pernas tremelicantes dos banqueiros alemães são um exemplo perfeito da patologia da deliberação.
Crónica

Uma prudência ridícula

132
A prudência não está na moda. Nem na política económica, nem na gestão bancária, ainda menos na vida pessoal. Mas a prudência é virtude essencial à sobrevivência organizacional e ao sucesso na vida.
Benfica

Um "amuleto" chamado Jiménez

Ao 20.º jogo seguido como suplente utilizado, Jiménez marca o 5.º golo depois de saltar do banco. E sempre que marca como suplente utilizado, o Benfica não perde. Em Santa Maria da Feira venceu: 2-0.
Crónica

Antes de trair alguém leia isso

167
Quando se é traído, nasce em nós um verdadeiro trauma, uma sequela. Não se trata da memória daquele incidente, mas de uma espécie de desconfiança eterna que passa a nos rondar.
Crónica

Por uma visão menos apalermada da universidade

1.711
O problema maior é a crença generalizada de que a universidade – a exacta universidade que aceita sumidades como o dr. Vale de Almeida – é um abrigo de inquestionável erudição. E de “prestígio”.
Sporting

Ainda há "Migueis Garcias"

328
O "improvável" Battaglia, que não conseguia marcar de cabeça há mais de dois anos, resolveu um encontro (e a eliminatória) que Marek Bakos complicou. Sporting perde (2-1) mas segue em frente.
Crónica

Os mortos dos outros

Quando se alcança que não foi senão “isso”que fez a essencialidade constitutiva de alguém que partiu há que trazê-lo de volta. Fazendo dele um morto de todos, em vez de apenas nosso. Meu.
Crónica

A culpa é das Acácias 

340
Crónica. As Mimosas, como lhe chamamos no Alentejo, estão todas floridas, como sempre a partir de meio de fevereiro. Murcham depressa. Mas ele trazia-mas só para o perfume me lembrar o verão.
Sporting

O "avioncito" Montero e o "Airbus A380" Bruno

105
Montero, que estava apagado desde o regresso a Alvalade, voltou a dar um ar da sua graça com um bis. Mas o melhor da noite contra o Plzen foi Bruno Fernandes, que "não é do tamanho da sua altura".
Dia da Mulher

Nesse 8 de Março pense na sua filha

635
Nesse 8 de março aja com as mulheres da forma como você gostaria que os outros homens agissem com as mulheres da sua vida.
Crónica

Desprotecção, zanga, melancolia

Como “a educação dos portugueses é o medo à polícia”, pode ser que tanta “contravenção” e o seu súbito estatuto de “enteado” vença o automobilista. Mas o combate é miseravelmente desigual.
Crónica

Eles vão fazer de conta que nunca viram o dragkid

1.346
O activismo, que na sua ciclotimia folclórica se tornou um prolongamento dos desfiles de moda, é na sua intolerância o continuador dos totalitarismos que nos sufocaram ao longo do século XX.
Crónica

A consagração da União Nacional

1.438
De repente (força de expressão), espécimes que tropeçam na língua e na decência têm Portugal inteirinho nas mãos. E não se prevê que o larguem. Pior: não se imagina quem queira obrigá-los a largar.
Primeira Liga NOS

Crónica. Meia faixa está já encomendada

220
Oito pontos são muitos pontos. O Sporting, derrotado (2-1) no Dragão, está arredado da luta pelo título e isso é uma certeza quase absoluta. Agora é a dois, entre FC Porto e Benfica.
Crónica

Desinfectar, desafectar

A desvalorização do papel social de intelectuais, professores e jornalistas, trocados na cotação do público por “influencers”, actrizes, jogadores de futebol ou “comentadores” deixou um enorme vazio.
Crónica

A essência do capitalismo selvagem 

163
No fundo, no fundo, o capitalismo “selvagem” é um sistema de cooperação e ajuda mútua entre pessoas livres. E que trás mais prosperidade que qualquer tipo de socialismo, selvagem ou pseudocivilizado
FC Porto

Crónica. Este Porto mete medo

824
Os portistas golearam (1-5) em Portimão e chegaram ao 103 na temporada. Só o Manchester City (114) e o PSG (135) conseguiram melhor até agora. Mete medo, sim. E sexta-feira há clássico no Dragão.
FC Porto

Porto recomeçou o jogo na Amoreira; Estoril não

476
O FC Porto entrou a perder 1-0, empatou depressa num golo irregular, e acabaria o encontro a vencer por 1-3. Mas podiam ter sido mais, bem mais. Do Estoril, na Amoreira, só as camisolas amarelas.
FC Porto

Crónica. O "menino 30 milhões" está um homem

1.063
Sérgio Oliveira voltou, pelo terceiro jogo seguido, a ser um dos melhores portistas. Desta vez foi mesmo o melhor. Tardou a fazer-se homem o "menino 30 milhões". Mas começa a "fazer-se" ao Mundial.
Benfica

Crónica. Vira o "ić" e toca o mesmo

Jonas ficou a zeros. E à falta de Jonas, Zivković assumiu o jogo. Como antes outro "ić", Krovinović, assumiria antes dele quando o Benfica mais penava na época. Resultado final: 4-0 ao Boavista.
Crónica

As 10 maiores qualidades dos portugueses

2.329
Poucas coisas são melhores do que conviver com pessoas que riem. E os portugueses não precisam de muito para rir, o que é ótimo.
Liga dos Campeões

We'll always have Pari... Ronaldo

552
Empatou de pénalti e fez o segundo (e, portanto, a reviravolta no marcador) no Bernabéu. Quem? Ronaldo, pois claro. A época pode até estar ser aquém do esperado mas na "Champions" não há como ele.
FC Porto

Sem artilharia pesada mas com artilheiro

155
Sérgio Conceição poupou a pensar na "Champions" mas o FC Porto não só venceu como goleou mesmo em Chaves: 0-4. Soares bisou e Sérgio Oliveira encheu o campo.
Benfica

Cervi não quis saber de Ljubljana para nada

138
Benfica entrou "apressado", começou cedo (logo ao minuto seis) a resolver o jogo em Portimão, mas depois da saída por lesão de Jonas ainda apanhou um susto. Cervi resolveu de livre, 1-3 no final.
Crónica

Quatro grandes questões do nosso tempo

1.055
Não sei se o sr. Costa tem azar com as limitações de quem lhe escreve os discursos, ou se ele escolhe deliberadamente burgessos. Sei que exaltar a língua enquanto a torturamos com zelo tem a sua piada
Taça de Portugal

Jesus foi "à italiana" mas só Soares foi "cínico"

Sporting entrou voltado à defesa e a "manta" encurtou-se no ataque. Só após o primeiro golo portista (e a ameaça de um segundo) Jesus mexeu. O Sporting melhorou, é certo, mas não empataria.
Crónica

A geração dos comprimidos

1.724
Faltam 40 minutos para o deadline do trabalho que ele tem que entregar. Recorre secretamente aos ansiolíticos que o médico recomendou e que ele esconde no fundo da gaveta para ninguém ver.
Debate Quinzenal

Crónica. A agressividade de Hugo e o plano de Rio

318
Hugo Soares é agressivo. E Rui Rio não gosta dos debates quinzenais a "golpes de espada", para fazer títulos nos jornais. O PSD ganha se fizer um apaziguamento com o PS? Por Vítor Matos
Crónica

As Galinhas desta Vida

246
Esta crónica pretende beliscar o botão do volume desta nossa espécie galinácea, para um grau mais baixinho, aquele do respeito. Pretende mostrar que o silêncio existe, e que é cultivado por muitos.
Benfica

O monstro não precisa de amigos

141
Jonas bisou, fez o golo 23 e marca há oito jogos consecutivos. Continua a resolver, portanto. Mas tem (ao contrário do que aconteceu na primeira metade da temporada) quem o acompanhe.
Crónica

Meus pais e seus aparelhos eletrônicos

1.316
Parece que todos os aparelhos eletrônicos que os meus pais compram foram vítimas de algum tipo de maldição que tornou seu funcionamento algo absolutamente anormal.
Crónica

Crónica. O duplo erro de Costa no caso da PGR

1.480
Ao erro de dizer que concorda com a ministra, Costa somou o erro de desautorizar van Dunem. Os seus argumentos tornaram-se contraditórios. Primeiro debate do ano começou mal. Por Vítor Matos
Crónica

Tire o verbo odiar do seu vocabulário

1.693
As pessoas passaram a identificar-se mais pelos seus sentimentos negativos do que pelos positivos. É como se odiar ou não suportar coisas lhes desse mais credibilidade do que amar ou gostar de algo.
Crónica

Ano novo vida velha

Ao desejar bom Ano não prometer. A vida é o tempo que passa e não contempla fronteiras, de calendário ou outras. A vida é só que o fazemos dela, seja qual for o dia.
Crónica

O Matuto vai ao Barbeiro

167
O Barbeiro deu o serviço por terminado com umas toalhas quentes embebidas em álcool. E o Matuto ponderou na ironia: Ele só queria cortar o cabelo. Mas as toalhas e o álcool intrometeram-se.
Crónica

Passei o Natal a voar mas havia coscorões

311
Há quem passe a consoada a trabalhar para que o mundo não pare. Foi isso que Diogo Lopes viu num voo transatlântico com mais de 200 passageiros e uma tripulação com algumas prendas escondidas.
Crónica

Crónica de Natal: Acantologia da minha avó

Somos invejosos, chico-espertos, estrangeirófilos, somos de brandos costumes, timoratos, dados a excessos e ao remorso deles, somos simpáticos, acolhedores, imaginativos, desenrascados.
Crónica

Manifesto pelo direito de não gostar do natal

16.898
O natal acabou por virar uma data muito mais de organização e de planejamento do que de afeto. Sim, é bom estar com a família. Mas prefiro fazer isso num domingo normal, sem prazos nem presentes.
Crónica

Terei que me aguentar

4.808
Aguentei o mais que pude (homem não chora, médico não chora), fiquei com ela o mais que pude, dei-lhe festas na cara, enquanto sentia o filho a chorar baixinho atrás de mim.
Sporting

A noite mais fácil da vida de Doumbia

O Sporting derrotou o Vilaverdense (4-0) no terceiro escalão e está nos quartos-de-final da Taça de Portugal. Seydou Dombia fez três golos de "encostar" e Gelson não brincou em serviço.
Crónica

Stress à portuguesa

280
Parece que os portugueses normalmente são obrigados a conter as próprias emoções e acabam por canalizá-las em situações estranhas nas quais tornam-se assustadoramente agressivos ou nervosos.
Debate Quinzenal

Crónica. Estrelinha na lapela e um caso de bigamia

Há meses que Costa não tinha uma vitória. Levou Centeno como troféu para calar a direita, o que acentuou as diferenças entre o noivado em Lisboa e o casamento com Bruxelas. Por Vítor Matos
Primeira Liga NOS

Sem Bas, podemos falar do Rodrigo e do Jérémy?

278
Jérémy Mathieu e Rodrigo Battaglia têm sempre dentes cerrados, olhos despertos e peito acelerado, sempre uma derradeira gota de suor para escorrer no rosto, um derradeiro corte.
Crónica

Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas

53.823
É muito fácil taxar uma mulher de chata, de neurótica, de mal humorada. O difícil é assumir que ela tem uma razão para estar assim. E que os outros poderiam colaborar para que ela não estivesse assim.
FC Porto

Felipe silenciou o ruído (e fê-lo regressar)

Ao minuto 29, Felipe fez o 0-1 e silenciou a ruidosa (130 decibéis entram na escala do "ensurdecedor") Vodafone Arena . Aos 41, foi driblado por Tosun e do drible resultou o empate final: 1-1.
Crónica

Como ser magro em Portugal

3.895
Tentar fugir do vinho, é uma tarefa tão árdua quando fugir do pão. Ele nos persegue, ele nos coloca contra a parede, ele quer nos destruir.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)