Logo Observador

Helena Matos

Colunista

leitor+helenafmatos@observador.pt

Nasci a 4 de Junho de 1961. Licenciei-me em Estudos Portugueses na Universidade Nova de Lisboa. Comecei por ser professora de Latim e Português no ensino secundário. Em seguida fui jornalista. Desde 2000 faço pesquisa para séries de televisão e programas de rádio. Escrevi Salazar, A construção do mito (Temas e Debates); Salazar, A propaganda (Temas e Debates) Os filhos ver mais... do Zip Zip - Portugal na primavera marcelista (Esfera dos Livros) e em co-autoria com José Manuel Fernandes, Este país não é para jovens (Esfera dos Livros). O Público, Tvi24, Diário Económico e agora o Observador são alguns dos meios em que tenho colaborado em espaços de opinião.

Terrorismo

Do lado de dentro da janela

Helena Matos

Tudo resultou em mais gritos Alá é grande”, mais carrinhas descontroladas afinal conduzidas por mão firme, mais lobos solitários que tinham quem os apoiasse. Mas "Nós não temos medo". Claro que temos 

Discriminação

A ditadura da juventude

Helena Matos

Tudo é discriminação à excepção do afastamento por idade. Bali Padda foi afastado porque tem 61 anos. E ninguém se indignou. Patrões e sindicatos fazem da exclusão dos não jovens um sinal de sucesso.

2.249
Autoeuropa

O combate ao enorme problema

Helena Matos

Nos tempos em que se discutia como desenvolver Portugal dona Beatriz defendia a aposta na fileira do alterne. Sem desprimor o cluster do combate ao enorme problema parece-me o melhor negócio do país.

1.281
Fogo de Pedrógão Grande

A conta

Helena Matos

Quando Pedrogão começou a arder o espernético BE desapareceu e o PCP entrou em letargia. Desta vez não se gritará “Governo assassino”. Mas a conta do silêncio vai chegar.

6.098
Política

O vídeo das nossas vidas

Helena Matos

Beija-mão presidencial ao Papa em Monte Real. Um primeiro-ministro a brincar às amas. O país olha para o lado. E indigna-se com o "Correio da Manhã". É a propaganda, senhores. É a propaganda.

904
Islamismo

Rotina

Helena Matos

Os gritos “porcos judeus” ouviram-se em Paris esta semana. Uma mulher judia foi assassinada. Por um vizinho louco dizem as autoridades. Por um muçulmano radicalizado dizem os vizinhos.

2.408
Rendas

Os protectores

Helena Matos

O primeiro-ministro investe o dinheiro da Segurança Social no sector imobiliário. Os auto-denominados parceiros sociais assistem mudos e calados a este negócio de alto risco. 

1.077
Jorge Sampaio

Os subalternos

Helena Matos

Esta é a lição que Sampaio nos deu em 2004: em Portugal existe quem mande e os subalternos. Só percebendo essa lição se entende o fenómeno Sócrates e a tolerância face a António Costa. 

2.326
PS

Não, não é o regresso do PREC

Helena Matos

Portugal não está a viver um PREC mas sim a destruição do centro. O PREC esse vive-o o PS dentro das suas fronteiras e por isso deixa cair os seus próximos como Carlos Costa e Teodora Cardoso. 

1.542