As buscas por vítimas do deslizamento de terra na Califórnia entraram no terceiro dia, com as equipas de resgate a procurar por desaparecidos em diversas áreas afetadas. Continuam por encontrar dezenas de pessoas, no seguimento dos deslizamentos de terras provocados por fortes tempestades que fizeram para já pelo menos 17 mortos — todos residentes do condado de Santa Bárbara.

Depois dos fogos do verão terem deixando os terrenos sem a sustentação das raízes das árvores, as tempestades criaram rios de lama e pedregulhos que arrastaram carros, deixaram acessos cortados e demoliram casas. As buscas estão a ser feitas através de helicópteros, veículos de todo-o-terreno e veículos militares já que as estradas estão bloqueadas com detritos e árvores e as linhas de energia caídas.

Aerial views of Montecito taken from County Fire Copter 308 by Pilot Matt Udkow/SBCoFD

Posted by Santa Barbara County Fire Department on Wednesday, January 10, 2018

Em Montecito, a comunidade mais rica do condado, estima-se que o número de desaparecidos possa chegar aos 43, disse o Xerife do condado de Santa Bárbara, Bill Brown, à CNN.

Brown referiu que “em situações de desastre já houve histórias milagrosas de pessoas que sobreviveram durante muitos dias”e que estão “certamente em busca de um milagre”, mas confessou que, “realisticamente”, suspeitam que vão “continuar a ter de descobrir pessoas mortas nestes acidentes”.

As autoridades mandaram evacuar as áreas em que morreram as 17 pessoas e, esta quinta-feira, estenderam essas áreaa a várias outras que estavam apenas sob aconselhamento de evacuação. A ordem deverá ter a duração de uma semana, mas os residentes foram recomendados a fazer preparação para duas.

Peritos tinham avisado que a chuva intensa poderia desencadear um deslizamento de terras provenientes das áreas que arderam no sul da Califórnia, escreve a CNN. O risco de deslizamentos pode vir a pairar durante anos sobre comunidades como a de Montecito, que se encontra abaixo da área afetada.

A página de Twitter SBCFireInfo, de Mike Eliason, bombeiro responsável pela comunicação, partilha regularmente vídeos e imagens das áreas afetadas e das operações de resgate por parte dos bombeiros de Santa Barbara County.

Oprah e Ellen foram ambas afetadas pelos deslizamentos

Os deslizamentos no sul da Califórnia afetaram famosas como Oprah Winfrey e Ellen Degeneres, ambas residentes em Montecito. As apresentadoras protagonizaram um momento no programa de Ellen, que, depois de abordar os deslizamentos e as cheias no bairro omde tem casa, contactou Oprah, que se encontrava em Montecito, via ‘facetime’. Ambas falaram do estado em que estão as suas propriedades, separadas por uma vedação, e de casas vizinhas que desapareceram.

“Vamos unir-nos e fazer aquilo que os grandes americanos fazem sempre”, disse Winfrey. “Vamos ajudar-nos.”

Ellen Degeneres recordou que tinha acabado de regressar a casa após as evacuações por culpa dos incêndios no dia 27 de dezembro, quinta-feira, quando no domingo recebeu a ordem de evacuação pelo receio de deslizamento de terra e lama. “Depois de tudo aquilo por que passámos, penso que muita gente pensou que estavam simplesmente a ser excessivamente cautelosos”, disse a apresentadora. “Mas o que eles temeram aconteceu. A chuva despoletou os deslizamentos.”