Os testes ao novo coronavírus a diferentes bebidas continuam a suceder-se nas redes sociais, sendo que desta vez se trata de água da torneira. Já houve exemplos com Coca-Cola, com Red Bull, com cerveja e agora foi feito exatamente o mesmo teste mas com água. Trata-se de uma informação falsa, porque em nenhuma das situações o teste é feito corretamente.

Nas imagens em causa é possível ver o sabonete — um dos objetos usados para realizar o teste à Covid-19 — a ser colocado debaixo de uma torneira. Nesse momento, o indivíduo responsável pelo teste abre a água, deixa-a correr para a zona redonda e aguarda pelo resultado. Pouco tempo depois começa a ver-se a cor vermelha a aparecer e a informação de um teste positivo. Contudo, nenhum dos procedimentos foi feito como é suposto.

Os kits destes testes vêm com um tampão e é obrigatório passar a amostra na garganta ou na nasofaringe da pessoa para, de seguida, colocar uma quantidade do tampão num tubo, que também vem no kit. Só depois se mergulha a zaragatoa nesse tampão. Após o processo, retira-se a quantidade de líquido suficiente para fazer o teste e coloca-se na parte onde foi colocada a água. Só assim pode ser considerado válido.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Germano de Sousa, médico patologista, explica ao Observador que a reação só funciona com o kit completo devido ao pH, pois apenas assim é possível atingir o pH necessário, entre 7,5 e 8,5, para que este seja feito e considerado válido. Tendo em conta que as regras definidas para estes testes não foram cumpridas não é possível considerar o vídeo e o resultado verdadeiro.

Conclusão

O teste de Covid-19 feito à água da torneira não pode ser considerado válido porque as regras não foram cumpridas e, como tal, o resultado não é conclusivo. O mesmo tem acontecido com outros líquidos, nomeadamente cervejas, mas tendo em conta a opinião do especialista ouvido pelo Observador, não se pode tirar qualquer conclusão de um teste que não seguiu os trâmites considerados normais.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge