A ‘caixa negra’ da Proteção Civil, que regista os vários passos dos bombeiros e da comunicação entre os operacionais no terreno, pode ajudar à investigação do incêndio que consumiu uma área significativa de Pedrógão Grande nos últimos dias.

Este sistema informático, semelhante às caixas negras dos aviões, tem o registo de toda a informação que circulou entre bombeiros e a GNR e pode ajudar a esclarecer o que se passou nas horas críticas de alerta e reação aos primeiros focos de incêndio e todos os passos que foram dados pelas autoridades durante o acidente. O sistema, avança o DN, regista a data e hora das ocorrências, mas também as medidas que foram tomadas para lhes dar resposta.

Também as comunicações via SIRESP podem revelar informações sobre como é que as autoridades se coordenaram no terreno, tal como a avaliação que foi feita no local e as ordens dadas pelos operacionais. Estes registos pode ser fundamentais à eventual investigação que se vai seguir nos próximos dias.

Para já, apenas o Ministério Público abriu um inquérito formal onde está a averiguar as causas e as consequências do fatídico incêndio.