O Ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19, informou este sábado o Ministério das Finanças. Trata-se do quarto ministro contagiado com o novo coronavírus, depois de Manuel Heitor (Ensino Superior), em outubro, Nelson Souza (Planeamento), em novembro, e Ana Mendes Godinho (Segurança Social), esta semana.

O ministro “está em confinamento domiciliário, não tendo até ao momento apresentado quaisquer sintomas, e encontrando-se a trabalhar”, conclui o comunicado.

Na sexta-feira, João Leão participou nas reuniões de trabalho com a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, e o colégio de comissários que se deslocou a Lisboa, no âmbito da Presidência Portuguesa da União Europeia.

Por isso mesmo, três comissários europeus vão ficar em isolamento, segundo informou um porta-voz da Comissão Europeia ao Dinheiro Vivo. Trata-se dos vice-presidentes executivos Margrethe Vestager e Valdis Dombrovskis e da comissária Elisa Ferreira, que terão de cumprir quarentena a partir deste sábado.

Ditam as regras que serão testados ao sétimo dia após o contacto, que o isolamento se prolongará, pelo menos, até ao resultado do segundo teste e que ficarão isentos de exercer “funções essenciais”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nem a presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen, “nem outros membros da delegação do Colégio preenchem os critérios para serem considerados pessoas de contacto”, adiantou o mesmo meio.

Na quinta-feira, o Governo confirmou que a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, tinha testado positivo à covid-19, estando em isolamento profilático desde segunda-feira.

Covid-19. Ana Mendes Godinho infetada e dois outros ministros em isolamento profilático

Os ministros do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, e do Mar, Ricardo Serrão Santos, também entraram em isolamento profilático na segunda-feira, por determinação das autoridades de saúde, tendo entretanto recebido testes negativos.

João Leão e Ana Mendes Godinho não são os primeiros membros do Governo com covid-19: em outubro, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, testou positivo. Em novembro, foi a vez do ministro Nelson de Souza, titular da pasta do Planeamento, que recebeu um teste positivo depois de o secretário de Estado do Planeamento, Ricardo Pinheiro, ter sido diagnosticado com covid-19.

Ministro do Planeamento infetado com Covid-19 cinco dias depois de secretário de Estado testar positivo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e candidato presidencial encontra-se em vigilância passiva desde a semana passada, por ter tido contactos considerados de baixo risco com dois infetados com o novo coronavírus, devendo por isso monitorizar sintomas e restringir os contactos sociais, evitando “grandes aglomerações”.