Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Uma mulher espanhola de 47 anos foi detida na localidade de Badalona (Catalunha) por simulação de delito e extorsão, após ter fingido o seu próprio rapto e utilizado o montante do resgate para jogar bingo.

Como adianta o jornal El País, os acontecimentos sucederam na noite de 4 de outubro, quando o marido, que se encontrava hospitalizado e sem contacto com a esposa, reportou às autoridades locais que recebeu várias chamadas da sua mulher a informar que havia sido raptada.

A suposta vítima disse que os sequestradores exigiam um resgate no valor de seis mil euros para que pudesse ser libertada “sã e salva”.

Em reposta, os agentes da polícia de Badalona contactaram a Unidade Central de Sequestros e Extorsões da Polícia da Catalunha para que se iniciasse uma investigação.

Após o marido ter pago parte do resgate, os agentes policiais confirmaram que a mulher acedeu diretamente ao dinheiro, tendo utilizado o mesmo para jogar bingo. As autoridades espanholas localizaram e detiveram a mulher numa sala de jogos, onde foi identificada num sistema de videovigilância, cujas imagens foram reveladas pelo jornal espanhol.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A suspeita foi colocada em liberdade enquanto espera ser chamada pela Justiça para prestar declarações.