271kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Ruth Manus

Colunista

Nasci em São Paulo em 1988, sou advogada, professora universitária e escritora. Vivo entre Lisboa e o Brasil. Me formei em Direito na Pontifícia Universidade de São Paulo, onde me pós graduei em Processo do Trabalho e cursei meu mestrado. Vivi em Paris e em Roma, onde cursei minha pós graduação em Direito Sindical. Em Portugal, fiz uma pós graduação em Direito Europeu e agora finalizo o doutoramento em Direito Internacional, ambos na Clássica. Sou professora de Direito do Trabalho e Direito Internacional. Escrevo no Observador desde 2016. Tenho 7 livros publicados. Apaixonada por Portugal e pelo Brasil desde sempre.

Artigos publicados

Rádio Observador

Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas

Neste sábado, 19 de junho, logo após o noticiário das 14 horas, estreamos este programa na Rádio Observador, conversando com mulheres maravilhosas, sem filtros e sem medo. Sejam muito bem-vindos.
Pandemia

O dia em que descobri meu medo de ter esperança

Quando me flagro dizendo frases como “quando estivermos todos vacinados, vamos marcar aquela tal viagem”, costumo sentir esse frio na espinha por me sentir razoavelmente esperançosa.
Pandemia

A geração de crianças que crescerá online

Tudo o que sabemos é que eles mudaram. Aprenderam a amar os avós por vídeo, a brincar à distância, a utilizar aplicativos, jogos online que nunca estiveram nos nossos planos. O que dizer agora?
Sociedade

Mas será que ela não provocou o assédio?

250
Acho realmente curioso, como em casos de acusação de assédio sexual parece haver mais preocupação com o direito de defesa do suposto agressor do que com a violência que a vítima alega ter sofrido.
Pandemia

Eu não venci a Covid

115
Se cuidem sempre e respeitem quem tenta se recuperar. Há sequelas físicas e psicológicas muito consideráveis, há batalhas invisíveis espalhadas pelo mundo inteiro.
Pandemia

Triste geração que teve que parar de fazer planos

116
Pela primeira vez sentimos na pele o que sentiram gerações que viveram em períodos de guerra e outras doenças epidêmicas. Talvez isso faça de nós uma geração melhor – ou ao menos um pouco mais humilde
Brasil

Meus pais estão vacinados

495
O que está acontecendo no Brasil é um genocídio, liderado pela ignorância, pelo negacionismo e pela desinformação proposital.
Pandemia

As heróicas mães no confinamento

129
O malabarismo de tentar manter o trabalho em dia e bem feito, a criança saudável e entretida, a casa razoavelmente limpa e organizada e o relacionamento pacífico é algo, efetivamente, inviável.
Coronavírus

Diário de uma colunista com Covid - Parte 2 

Pego um chá. São quase 7 da noite. Estou escrevendo esse texto. Erro muitas vezes na hora de digitar. Estou lenta. Quem é essa colunista que vos escreve? Isso vai passar. Isso tem que passar. 
Coronavírus

Diário de uma colunista com Covid

3243
Fico em pé 15 minutos e estou exausta. Quantas surpresas ainda virão? Não sei onde errei. Um botão de elevador, um momento sem máscara, uma trégua qualquer. Não sei.
Pandemia

Não me ensinem mais uma receita de pão caseiro

1765
Não me venham com mais uma ideia brilhante de como meditar no meio de um raio de uma sala que também virou escritório e também virou playground e também virou sala de pilates.
Sociedade

Se você morresse hoje

100
Se você morresse hoje, teria demonstrado o seu amor de forma suficiente às pessoas que ama? Ou sentiria, já morto, que ficaram cartas por escrever, abraços pendentes e palavras de amor não ditas?
Ano Novo

Eu vou começar de novo

Eu vou gastar mais tempo rindo do que me queixando. Vou ler mais poesia do que legendas de fotos do instagram. Nem sempre vai ser fácil, hábitos ruins gostam muito de falar alto.
Pandemia

Pequeno manual para não ser um idiota neste Natal

1457
Não, uma festa com 20, 30 pessoas não pode ser inofensiva no momento que atravessamos. Mesmo que dure pouco tempo.
Sociedade

Carta aos meus pais no final de 2020

543
Me pergunto quantas das suas dores nas costas, quantas das suas alergias de pele, quantas das noites mal dormidas, quantas das alterações de pressão que tiveram em 2020 não foram causadas por mim.
Pandemia

Coisas boas (ainda) acontecem

291
Estamos cheios de dúvidas sobre o futuro. Mas nunca estivemos tão certos da nossa insignificância.
Pandemia

2020 precisa acabar

281
Passei, nesse ano, a fazer inúmeras coisas que eu sempre julguei ser coisa de gente idiota. E que realmente são. Mas, agora, creio que sou um deles.
Igreja Católica

Pequena carta ao Papa Francisco

1731
Obrigada por não se fechar numa redoma antiquada e por se envolver de forma ativa nos problemas do nosso tempo.
Sociedade

Um texto para quem não vai bem

134
Busquem ajuda, conversem com amigos, não tenham medo de parecer fracos. Estarmos mal de vez em quando é um evidente sinal da nossa natureza humana. Ainda bem.
Brasil

Um novo Bolsonaro?

120
O que preocupa é que as palavras falsas possam levar as pessoas a pensar que algo mudou. Que o governo brasileiro tornou-se menos ameaçador para a comunidade internacional, menos danoso para o Brasil.
A página está a demorar muito tempo.