758kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Glória Liberal

Convidado

Artigos publicados

Democracia

O sentido incerto da Palavra

Se no passado os cidadãos confiantes na Palavra delegavam o governo dos seus interesses aos actores políticos hoje estão duvidosos dos contornos da democracia e levados à revolta com o estado da nação
Mundo

O mundo sem mentira, um lugar insuportável

A vida sem mentira seria um duro golpe na autoconfiança, as relações internacionais e a diplomacia ficariam caóticas, o sistema social sem labirintos, chico-espertismo e corrupção seria completo tédio
Política

As democracias morrem nas urnas

Ninguém espere nova revolução dos cravos, rosas ou antúrios para restaurar a democracia portuguesa que pode morrer nas urnas pela mão da sociedade exausta, desinteressada, e demissionária.
Saúde Mental

Inútil emoji sorridente

A espontaneidade, indicador de saúde mental, está refém do politicamente correcto e as pessoas são cada vez mais cópias umas das outras à procura de identidade à la carte, num excessivo construtivismo
Doenças

Será sempre a maioria normal? Questão de contexto

Há uma psiquiatrização dos Portugueses face às dificuldades que atravessam, da economia à justiça, da saúde à educação, desesperança que leva muitos a procurarem o bem-estar na medicação psiquiátrica.
Serviço Nacional de Saúde

Comorbilidade do SNS: solução sustenta o problema

Contratar mais recursos humanos para o SNS não chega, é preciso mudar de paradigma, novo desenho organizativo que cative os profissionais com gestão humanizada, sem andar entre laxismo e autoritarismo
Guerra na Ucrânia

Novos servos, velhos senhores...

Que informação, contra-informação e especialmente que emoção conforma a escolha do cidadão, no momento de sufrágio dos nossos governos?
Legislativas 2022

Sentimento heroico, uma questão de sobrevivência

O futuro político vai ser de quem tiver capacidade de síntese e saiba gerir o conhecimento técnico-científico dentro da natural instabilidade humana, uma posição flexível à imprevisibilidade.
Educação

Homo Ignorans, Era da pós-verdade

Quando falamos de desconhecimento teremos de ir ao outro lado, ao conhecimento científico que não sai impune deste processo pois, cada vez mais politizado, está longe de ser neutro e objetivo.
Sociedade

Sobreviver ao sucesso

Importa pensar o sucesso como evento transformador da sociedade em que cada um contribui com o seu melhor esforço para uma vida satisfatória.
Sociedade

Entre indignação e náusea: a corrupção

A “opinião política pública” que vemos, em geral malformada, não é fruto do acaso, parece ser deriva do esforço de quantos beneficiam do alheamento do povo sobre as verdadeiras questões políticas.
Saúde

A fabricação da loucura

A fabricação da loucura ocorre sempre que se reage a mágoas e dissabores, frutos do normal desconforto da vida em sociedade, com o despropósito do psicofármaco, em vez procurar programas integradores.
Extremismo

Eleitoralismo consentido ou populismo proibido?

A esquerda, defensora de um anti-polpulismo populista, indecisa nos ideários, oscila entre capitalismo encoberto e marxismo difuso, e assim ignora as actuais aspirações e meios de realização humana.
Pandemia

Nada é novo, muito menos normal...

A crise humanitária veio sublinhar o carácter fluído das relações sociais e laços humanos, onde facilmente se procura benefício no prejuízo do outro. Estamos longe de uma ética para a coexistência.
Eutanásia

"Eu Thanatos”: há coisas piores do que morrer…

O doente deve contar com o auxílio das entidades que zelam pelos seus direitos, liberdades e garantias, para que se torne possível partir serenamente com dignidade, sem dor.
Sociedade

“Pastores” e “rebanhos” do poder em tempo Covid

A capacidade de influenciar é o mais importante requisito para o domínio de alguém, demasiado explorada por influencers, políticos, coaches, gurus, na mobilização das opiniões que sustentam o poder.
Educação

Que o mérito não se afaste da meritocracia 

Em breve, Portugal estará a importar a alto preço pareceres internacionais para resolver problemas internos, quem sabe provenientes dos “cérebros” que agora desperdiça, mas que outros aproveitam.

A fraude

Somos demasiado bons actores na farsa do homem feliz, e, ávidos de ficção cedemos à tirania da fraude. Estamos a viver de pão e circo como no tempo de Nero, enquanto a vida passa por nós com desdém.
Liberalismo

Boas pessoas? Ou “mão invisível” de Adam Smith

Talvez não sejam necessárias boas pessoas. Precisamos sim, de educadores que nos ensinem a aprender todos os dias a acção ética - a arte de fazer bem por convicção, mesmo que ninguém esteja a ver.
Coronavírus

Pan Demos – Do lado de cá

Tensos, às vezes zangamo-nos, outras choramos. Poucos, muito poucos, mantêm a serenidade e o bom humor. O medo reina todos os dias. Neste tempo bizarro sentimos ameaça permanente do ar que respiramos.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.