455kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Raquel Abecasis

Raquel Abecasis

Colunista

Artigos publicados

China

Portugal, a megaloja do chinês

Não se entende como podemos estar tranquilos com a hipótese de haver empresas controladas pelo Estado chinês a concorrerem ao controlo dos nossos dados com a chegada da rede 5G a Portugal.
Crise económica

As circunstâncias pedem líderes à altura

Quando o país acordar para o filme de terror que tem por diante vai querer saber quem está à altura de apresentar soluções.
Governo

A minha maioria é melhor que a tua

Cabe a quem quer ser líder da oposição desmascarar o lobo com pele de cordeiro que se esconde por trás do Partido Socialista das maiorias absolutas dialogantes. Isso não existe.
Luís Montenegro

Portugal precisa do PSD como de pão para a boca

Pelo menos no tiro de partida, Montenegro percebeu o óbvio. É preciso deixar de ser complacente com o poder socialista, que empobrece o país, ao mesmo tempo que nos fala de um país das maravilhas.
Fenprof

João Costa descobriu agora que o rei vai nu

O que se passa agora nas escolas é resultado da cobardia política. Vários ministros da Educação preferiram evitar a guerra com a FENPROF de Mário Nogueira, mesmo sabendo que isso prejudicava os alunos
António Costa

A guerra do Solnado

As audições são com quem os socialistas autorizam. Fica a ganhar o Presidente da Câmara de Setúbal que é protegido para que ninguém se lembre que este PCP é o mesmo que sustentou Costa no passado.
Educação

Vai-se andando

Como é possível que quem defende a liberdade e a igualdade de oportunidades não tenha no topo da sua agenda política o facto de vivermos num país em que filho de pobre está destinado a ser pobre?
Refugiados

Portugal: paraíso para espiões russos

Moscovo usa como ninguém este recreio para espiões. Até porque aqui ninguém acredita que alguém no Kremlin esteja interessado em informações que chegam de Portugal. É o cenário perfeito.
25 de Abril

Para quando o 26 de Abril?

Fui daquelas que embirrei com a política do bom aluno de Cavaco Silva. Mas tenho que reconhecer que, pelo menos nesse tempo, tínhamos um objetivo claro e trabalhávamos para o alcançar.
Refugiados

Acolher é integrar, não depende do ar do tempo

Esta nova crise de refugiados deixou grande parte dos afegãos esquecidos. É muito importante o que estamos a fazer com os ucranianos. Mas isso não nos pode fazer esquecer os refugiados que já cá estão
Novo Governo

Continuar a Avançar

Os vencedores costumam trazer consigo uma força que entusiasma. Na política nacional temos mais esta originalidade: o que o o vencedor das eleições tem para nos propor é continuar o mesmo caminho.
Guerra na Ucrânia

Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar

Acho extraordinário que o governo português faça discursos, apresente um programa de governo e se prepare para apresentar um orçamento como se o mundo não tivesse mudado com esta guerra.
Novo Governo

Dois melões estragados no Governo

O PM decidiu manter na educação e na saúde dois ministros que provaram pôr a ideologia à frente do interesse das pessoas. Satisfazem-se os sindicatos, diminuindo a margem para a contestação.
Cidades

Um pequeno passo de dois homens

Rui Moreira e Carlos Moedas perceberam que o sucesso de um ajuda ao sucesso do outro, e que juntando as suas vozes teriam mais e melhores resultados do que ficando cada um a tomar conta da sua quinta.
Economia

Sortes e azares num mundo em mudança

Como sempre não nos preparámos no curto intervalo que mediou entre a saída da troika e a chegada da pandemia. E agora, como sempre, estamos pior do que a maioria dos nossos parceiros europeus.
Guerra na Ucrânia

Explicar o inexplicável

De acordo com as teses que agora invocam os defensores de Putin, a independência de Timor seria uma provocação e uma perturbação à estratégia da Indonésia, a grande potência da região.
Guerra na Ucrânia

Afinal como estamos de linhas vermelhas?

E agora? O que dizem todos aqueles que acharam que o PCP e o BE eram bem-vindos ao sistema democrático? Os que se desfaziam com a simpatia de Jerónimo e com o aggiornamento de Louçã e Catarina?
Rui Rio

12 meses em modo pausa

Rio, depois de uma noite bem dormida, pensou que se calhar ainda consegue umas vitórias pessoais, como negociar com Costa a sua agenda de líder derrotado: justiça e regionalização.
António Costa

Caucasianos e outras loucuras

Os portugueses sabem que não vão passar os próximos quatro anos com discussões surreais que não têm nada a ver com as suas vidas. Isso é para os deputados que asseguraram o lugar no Parlamento.
Professores

O estranho caso da professora de Matemática

Há bons professores? Há. Há falta de professores agora e no futuro? Provavelmente. Mas há, infelizmente, professores estranhamente desaparecidos das escolas, a receber duplo ordenado.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.