Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Até 23 de fevereiro, depois de ter sido lançada oficialmente a 1 de setembro de 2020, a app de rastreio Stayaway Covid registou pouco mais de três milhões de downloads (3.068.978). Destes, 2.203.823 foram feitos através da PlayStore, a loja de aplicações do sistema operativo Android; 576.312 foram através da App Store, do iOS; e 288.843 da montra de apps para os Huawei.

O INESC TEC (Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência), que foi responsável pela conceção da StayAway Covid, estima que, deste número, 46% correspondam a “aplicações ativas”. Ou seja, pouco mais de 1,4 milhões estão ainda operacionais. E, até à mesma data, foram emitidos 14.604 códigos que serviam para os utilizadores informarem o sistema de que tinham tido um teste positivo à Covid-19. Destes, apenas 3.128 foram realmente introduzidos na app. Estes dados foram avançados ao Observador por fonte do INESC TEC.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.