478kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Programa de Ajustamento

Programa de Ajustamento

Portugal reembolsou mais 2 mil milhões a credores

Portugal já reembolsou antecipadamente os dois mil milhões de euros ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF) pelos empréstimos concedidos durante a 'troika', anunciou o credor europeu.
Política

As memórias de que a oligarquia não gosta 

Portugal não foi “uma segunda Grécia”. Uns não fizeram nada por isso. Outros fizeram. Cavaco Silva não terá sido dos que fez menos. Tem todo o direito de o lembrar e nós temos a obrigação de o ouvir.
Orçamento do Estado

O que António Costa aprendeu em 2011

É assim que António Costa vive: garantido pelo BCE, focado nas suas clientelas, e contando com o silêncio do PCP e do BE. A oligarquia encontrou a receita perfeita para gerir o declínio do país.
Orçamento do Estado

FMI mais otimista que o Governo

Depois de ano e meio a ser atacado por Centeno, o FMI está agora mais otimista, vê a economia a crescer 2,5% e a meta do défice como alcançável "confortavelmente". Mas pede esforços e deixa avisos.
Programa de Ajustamento

Portugal pode pagar antecipadamente ao FMI

Fundo de resgate do euro deu luz verde ao pedido do Governo para pagar mais 9,4 mil milhões de euros do empréstimo do resgate, antecipadamente, ao FMI.
Mário Centeno

Resposta errada à crise desacreditou reformas

Mário Centeno critica, em artigo no Público, insistência em reformas estruturais durante a crise. Agora, diz, é o tempo de desenhar políticas na zona euro para apoiar desempregados e limpar bancos.
Programa de Ajustamento

Resgate tinha demasiada austeridade, mas...

Ex-economista chefe do FMI defende que a redução do défice imposta pelo resgate devia ter sido mais lenta, mas para isso era preciso mais dinheiro, que a troika e o Governo de Sócrates não quiseram.
Programa de Ajustamento

Os enganos de Bruxelas no défice e no crescimento

Ministério das Finanças aponta enganos nas previsões de Bruxelas sobre défice e crescimento para 2016 e espera que Bruxelas atualize as suas previsões sobre Portugal.
Programa de Ajustamento

Strauss Khan disse não a Portugal, mas era bluff

Antigo diretor-geral, Strauss Khan, chegou a dizer aos parceiros europeus que o FMI não ia entrar no resgate a Portugal em 2011. Mas era bluff, revela livro sobre o papel do Fundo nas crises do euro.
Governo

A “trajectória correcta” para onde?

Os casos da TSU e da CGD são um sinal do que vai acontecer quando a geringonça chegar ao fim: vamos descobrir que as promessas não tinham garantias, e eles vão dizer-nos que não assinaram nada.
Caixa Geral de Depósitos

Bruxelas. Privatização teria reduzido riscos

Na avaliação ao programa português, a Comissão Europeia defende que uma supervisão mais enérgica poderia ter feito a diferença. Sobre a CGD, diz que privatização poderia ter reduzido riscos do Estado.
Programa de Ajustamento

Avaliação do FMI "omite" os 400 mil que emigraram

O Ministério das Finanças responde ao "sucesso" do programa de assistência a Portugal e diz que o FMI omitiu um custo social que resultou da emigração de 400 mil portugueses.
Programa de Ajustamento

FMI. Apoio do BCE foi uma "benção e uma praga"

Em avaliação ao programa de Portugal, o Fundo Monetário Internacional diz que política de abrir a torneira do BCE foi importante para estabilizar, mas permitiu financiar metas mais relaxadas.
Comissão Europeia

Comissão Europeia. Os seis avisos a Portugal

Foi divulgado esta segunda-feira o relatório da quarta visita a Portugal no âmbito do programa de acompanhamento pós-programa de ajustamento dos técnicos da Comissão Europeia.
Crise económica

Quem perdeu mais na crise? Mais pobres e os jovens

Os portugueses perderam entre 2009 e 2014 em média 116 euros mensais. Estudo mostra que a perda foi maior nos mais pobres, cujo rendimento caiu 25%, e nos jovens mais qualificados.
Wolfgang Schäuble

Schauble é que é irresponsável?

Segundo os nossos oligarcas, irresponsabilidade é falar dos problemas. Não é insistir em cenários desacreditados, exigir aumentos de despesa, e propor referendos contra as regras europeias.
Orçamento do Estado

Adivinhem qual é o país que mais cresce na Europa

Os resgates não mudam a essência dos países. A competividade, a estrutura das economias, a qualidade das instituições são muito mais determinantes para a pobreza ou prosperidade do que esses programas
Impostos

É preciso liberalizar mais

Mas é preciso liberalizar mais, em particular em matéria de IRS. Urge baixar os impostos, e devolver às pessoas maior disponibilidade sobre o seu rendimento individual.
Legislativas 2015

Passos e Costa, o ouriço e a raposa

Passos Coelho sabe uma grande coisa, António Costa sabe muitas pequenas coisas. O que é que convém ao país?
Comissão Europeia

"Reformas não podem parar", avisa Bruxelas

Nos últimos seis meses não houve "novas grandes iniciativas reformistas", mas Comissão nota "alguns progressos" em várias áreas. É preciso "manter o ímpeto reformista verificado durante o programa".
Futuro da Grécia

Passos: Portugal foi quem mais ajudou a Grécia

Pedro Passos Coelho, fez questão de dizer que a situação grega é completamente diferente da portuguesa e defendeu a carta recebida na quinta-feira "parte de um equívoco".
Programa de Ajustamento

Euro, Grécia, as dúvidas de Vítor Bento, as minhas

A perspectiva de Vítor Bento, apesar de sugestiva, não me parece a mais adequada para perceber as frustrações das políticas de ajustamento desde 2010-2011.
Pós-troika

Se eu fosse mesmo um neo-liberal.

Se o neo-liberalismo queria encerrar o Estado social, pôr o país a pão e água e impor a ditadura, então o ajustamento foi a frustação: manteve-nos na Europa e salvaguardou a estrutura do Estado social
Troika

Portugal ia sair do euro

Em três anos, Portugal esteve à beira de sair da moeda única, a União Europeia garantiu a continuidade do euro e agora? A ameaça de um colapso pode vir de dentro da própria União Europeia.
Pós-troika

Uma bofetada de luva branca

A única mensagem política com alguma credibilidade na presente conjuntura é a do realismo temperado com alguma confiança na resiliência que a maioria das pessoas tem demonstrado
Pós-troika

Ecofin pede apoio para os esforços de Lisboa

Conselho que reúne os ministros das Finanças e da Economia da União Europeia mostra compreensão pela opção do Governo de dispensar o último cheque da troika.
Programa de Ajustamento

Abdicar de última tranche é "decisão soberana"

O presidente do Eurogrupo sublinhou que Portugal tem "uma liquidez confortável e [houve] uma melhoria significativa no acesso aos mercados financeiros".
Troika

"Duvido que os partidos saibam o que querem"

O PS devia ter aceite o acordo de salvação proposto pelo Presidente há um ano, diz Campos e Cunha, em entrevista ao Observador. O Governo, o PS e o país, aos olhos de um ex-ministro muito cético.
Desemprego

Como Portugal evoluiu durante a troika

Previsões económicas são difíceis de fazer, mas o tiro saiu ao lado em quase todos os indicadores.
Desemprego

O lado negro do ajustamento

Governo e troika subestimaram o impacto das medidas de austeridade sobre o mercado de trabalho. A taxa de desemprego superou todas as previsões.
Troika

Preços subiram com agravamento dos impostos

As medidas de agravamento da carga fiscal nos impostos sobre a despesa fizeram subir os preços. No final do programa, a inflação acabou por abrandar, tal como sucedeu na zona euro.
Troika

Um equilíbrio frágil

Equilibrar as contas externas foi o objetivo em que o Governo obteve melhores resultados. Mas o sucesso pode assentar em alicerces frágeis.
Troika

Metas furadas

No acordo inicial, a dívida pública seria superior a 108,6%. No final de 2013, estava em 129% do produto interno bruto.
Pós-troika

Portugal vai continuar sob a vigilância da troika?

Com o fim do terceiro programa de ajustamento em trinta anos, Portugal recupera uma parcela da soberania que perdeu quando os técnicos da troika aterraram em Lisboa. Mas não tanta assim.
Programa de Ajustamento

Troika sai, mas Moedas fica

Secretário de Estado despede-se da troika, mas continua com Pedro Passos Coelho, "Muitas vezes fui muito áspero e a troika também foi muito áspera", confessou.
Pós-troika

Bruxelas faz alertas sobre Portugal

Comissão Europeia receia que o Governo tenha perdido o ímpeto reformador.
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.