Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O dia era de descanso para os ciclistas poderem voltar ao Giro em força, mas para Fernando Gaviria pode ter sido o fim da corrida. O ciclista colombiano da equipa UAE Team Emirates testou positivo para o SARS-CoV-2, esta segunda-feira, e está fora da prova italiana, confirmou o Observador com fonte oficial da equipa.

Gaviria foi dos primeiros atletas a ser infetado com o novo coronavírus, ainda em fevereiro, durante a prova nos Emirados Árabes Unidos — na altura, a Covid-19 ainda não tinha este nome nem tinha sido declarada pandemia. Agora, em pleno Giro d’Italia, o ciclista volta a ficar em isolamento enquanto os colegas de equipa continuam a corrida. O atleta de 26 anos “têm uma segunda infeção” e “está assintomático”, confirmou Jeroen Swart, médico da equipa ao Observador.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.