Alexandre Homem Cristo

Colunista

Nasci a 12 de Fevereiro de 1985, licenciei-me em ciência política na Universidade Católica Portuguesa, e concluí o meu mestrado em Política Comparada no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-UL). Desempenhei funções de assessor parlamentar na Assembleia da República (2012-2015) e fui conselheiro no Conselho Nacional de Educação (2013-2015). Escrevi o estudo Escolas para o Século XXI, publicado em livro pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, em 2013. Na imprensa, tive uma coluna semanal no jornal i (2012-2014). Colaboro com o Observador desde 2014.

Artigos publicados

PS

A soberania socialista /premium

149
Nesta tentativa de silenciamento parlamentar, surgiu uma novidade: desta vez, não foi a vontade do PS a definir as regras do jogo. Parece pouco, mas a sessão legislativa começou com uma vitória.
Polémica

A intolerância dos “tolerantes” /premium

484
Foi uma vergonha a virulência dos ataques à volta do artigo de opinião de um miúdo de 17 anos. Mas foi também um sinal de alarme: o espaço público está doente, mais intolerante e muito menos livre.
Educação

Os chumbos nas escolas não se resolvem por decreto /premium

407
Há uma ideia que tem de ser absolutamente assumida pelo debate político: a verdadeira escola democrática não é aquela que baixa a bitola, mas aquela que puxa para cima quem está por baixo.
Direitos de Autor

A Google quer ser inimiga da liberdade? /premium

A Google não quer pagar pela reprodução de conteúdos dos jornais? Diga-se “sim” ao mercado livre, mas “não” aos monopólios (privados) contrários ao espírito da lei e conflituantes com o bem comum.
Liberdade de Imprensa

A eterna instrumentalização da RTP /premium

281
O recente caso de adiamento do programa “Sexta às 9” mostra que prevalece, na RTP, uma incapacidade de distanciamento (editorial e orçamental) que assombra a independência do seu jornalismo.
Legislativas 2019

Portugueses de segunda /premium

517
Existem ainda 4 deputados por eleger nos círculos da diáspora. Isso não impediu a indigitação do vencedor para formar governo. Se fosse futebol, seria como entregar a taça antes de soar o apito final.
Legislativas 2019

Eu voto PaF /premium

515
Onde os partidos à direita falharam, saibam os seus eleitores estar à altura: votando PSD, CDS ou Iniciativa Liberal, porque somente um projecto comum devolverá as maiorias parlamentares à direita.
Alterações Climáticas

Deixem a Greta voltar para a escola /premium

641
Greta tem um discurso populista? Sim, tem. Mas o problema maior é Guterres, o Parlamento Europeu e quem tem recorrido à exploração da imagem de uma miúda para ficar menos mal na fotografia.
Eleições Legislativas

Como enviesar um debate de campanha eleitoral /premium

134
Após o debate entre Rio e Costa, as fotografias que fizeram as manchetes mostram Rio numa posição corporal de subserviência perante Costa – imagens que baralham a percepção do que foi o debate.
Educação

Novo ano escolar com o elevador social avariado /premium

173
Apesar dos recentes avanços na educação, continuamos a falhar para com os jovens das famílias desfavorecidas – a trair as suas aspirações e a quebrar a promessa de a escola servir de elevador social.
PSD

Um desenho para Rui Rio /premium

Numa frase, ao colocar o BE na “social-democracia” e, portanto, a disputar o mesmo espaço político que o PSD, a líder bloquista tornou confrangedora a visão de Rio para o maior partido da “direita”.
António Costa

Mr. Costa, o ortodoxo /premium

A tal “luz de esperança” do Financial Times é esta: um governo de esquerda, aliado a partidos radicais, que obteve resultados sem se desviar da ortodoxia europeia. Nesse aspecto, os elogios são justos
António Costa

Prioridades à la carte /premium

990
Capaz de prometer tudo e o seu contrário, este PS de 2019, embriagado pela hipótese de uma maioria absoluta, não é diferente daquele PS de 2009, cuja soberba atirou um país para o abismo.
Combustível

Defender os patrões, esmagar os grevistas /premium

2479
Para os comunistas, não é concebível que as lutas dos trabalhadores se possam travar fora da esfera de influência da CGTP – isto é, do próprio PCP. Quem vier de fora é um inimigo.
Regionalização

O multiplicador de tachos /premium

615
PSD e PS patrocinam o debate da regionalização que, traduzido para politiquês, não é mais do que um multiplicador de cargos políticos, nomeações e despesa pública – de tachos, portanto. Não, obrigado.
Ana Gomes

A boa socialista /premium

555
O PS não perde uma oportunidade para se desvincular de Ana Gomes. Isso diz muito mais sobre o PS do que sobre ela – mostra como a ética republicana é incompatível com o actual aparelho socialista.
PS

O anti-reformismo do PS /premium

180
A estratégia de poder do PS converteu-o num partido imobilista. Por isso, qualquer alternativa ao PS terá, forçosamente, de se definir como um projecto reformista – porque essa é a antítese do PS.
PSD/CDS

35 horas: outro vazio de representação /premium

124
PSD e CDS já não defendem a convergência dos sectores público e privado (40 horas de trabalho semanais). Quem representa, então, os eleitores que compreenderam a sua medida em 2013? Ninguém.
Racismo

Quotas raciais? Uma péssima solução /premium

180
Só com informação fiável se podem realizar bons diagnósticos e só com estes se conseguem desenhar políticas públicas eficazes – em vez de soluções “faz-de-conta” para problemas incompreendidos.
Assembleia Da República

Um pouco de transparência, senhores deputados /premium

111
Os homens não são anjos e, portanto, uma república deve estar alicerçada na fiscalização das instituições políticas. É incrível como algo tão simples continua a ser tão difícil de aceitar em Portugal.
A página está a demorar muito tempo.