830kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Crítica de Restaurantes

Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Em Leça da Palmeira, "A Margarida" é que manda!

Manuel Serrão traz-nos mais um restaurante com alma, onde a Margarida manda e nós "comemos e calamos". A recomendação especial vai para a "açorda de marisco à Margarida", que é a estrela da companhia
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Pratos para comer e "votar" por mais

Numa edição especial de Por Pratos Nunca Dantes Navegados, Manuel Serrão sugere um prato para cada candidato, com base nas preferências partidárias.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Neste restaurante, foi amor à primeira garfada

No "Dom Limão, Dona Laranja, para além da experiência gastronómica, há também uma experiência narrativa. Porquê? Porque a história de amor destes citrinos vale por muitas refeições.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

A Oficina que trocou os carros pela comida

Manuel Serrão leva-nos até ao restaurante Oficina, no Porto. Restaurava automóveis e agora faz outro tipo de restauração. Com uma carta de influência transmontana, a alheira é uma entrada obrigatória.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Lampreia, a atriz-estrela d'O Gaveto

Lampreia é a atriz principal num mês que também é dos Óscares. Não é bonita de se ver, mas é boa de comer. De volta ao Gaveto em Matosinhos, Manuel Serrão reforça: "Lampreia à Bordalesa é uma beleza!"
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Galito, a verdadeira "Catedral" em Benfica

Para o Manuel Serrão, a "Catedral" em Benfica não é o Estádio da Luz, mas sim este óasis alentejano em plena capital. Venha connosco provar o Alentejo, do prato principal à sobremesa.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Quer provar um "arroz à Manel Serrão"? Aqui pode

No Temperos da Zézinha, em Matosinhos, há um prato único no mundo, em homenagem a um famoso portuense especialista em restauração. Um restaurante pequeno, mas com muito para provar.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Veneza. Mais que um restaurante, uma garrafeira

Com o mês de janeiro "quase a ir à vida", Manuel Serrão leva-nos até ao restaurante Veneza, no Algarve. Por ser também uma garrafeira, "dá para jantar bem e depois sair de lá com umas boas espumadas".
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

"O Clássico", uma das melhores salas de jantar

Matosinhos é uma das salas de jantar do Porto. Para bem nos servir, o Manuel Serrão apresenta-nos um restaurante que é literalmente "O Clássico", o restaurante com mais televisões por metro quadrado.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Já foi de comboio para um restaurante? Aqui vai

No Armazém Pacheco, em "Red River", em Gondomar, o melhor mesmo é ir de comboio. E provar as costelinhas adubadas, seja à mão ou de talheres.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Saem "diamantes de gastronomia" para começar 2024

Tempo de reis ainda vale para marcar o jantar de natal e o "Sabores do Tino" é uma excelente opção. As doses são generosas e o Diamantino e a Ana Maria garantem "rabanadas para comer o ano inteiro".
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Os melhores pratos (por onde navegámos) em 2023

Foram 52 episódios e muitos pratos provados e restaurantes navegados. Manuel Serrão faz um balanço do melhor que trouxemos ao programa, para uma despedida em beleza de 2023.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Indo eu a caminho de 2024 no MonteBelo, em Viseu

Manuel Serrão deixa a sugestão para um jantar especial de réveillon no centro do país. Além da boa comida, o restaurante MonteBelo é também um hotel, por isso "se exagerar na bebida é mais fácil".
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Beira-Mar em Cascais sem marisco? O que seria!

Neste episódio, Manuel Serrão leva-nos até ao restaurante Beira-Mar, em Cascais, que tem 45 anos e é um autêntico clássico. Além do serviço de excelência tem um "pátio simpático".
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Com o Torres, em Famalicão, "vamos em grupos"

Famalicão não era conhecido pelas suas "torres", até abrir este restaurante. Em grupo ou sozinho, visite connosco este restaurante, que tem como jóia da coroa o cabritinho assado no forno.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Em tempo de guerra, um Tanque de paz saborosa

Em Almancil, há um Tanque que pode ser visitado (e saboreado), seja Inverno ou Verão. Venha connosco até ao Algarve em mais um Por Pratos Nunca Dantes Navegados.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Casa da Foz. La Bella Italia em versão de bolso

Na foz do Porto, há uma pequena Itália à espera de ser descoberta. Das sobremesas a alternativas menos "italianas", vamos a uma Bella Italia de bolso.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Um restaurante tão grande, que precisa de elevador

O Novo Casarão do Castelo, em Leça da Palmeira, tem tanto para mostrar, que tem dois pisos com elevador. E o piso cimeiro tem mais surpresas a oferecer do que apenas comida.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Ainda há segredos bem escondidos no Porto? Há, sim

Discreta, mas com muito para descobrir, a Adega Escondida faz jus ao nome. No centro do Porto, ninguém imagina o que vai encontrar atrás da porta (desde a comida ao espaço).
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Mercantel, onde partilhar não tem mal

Em Aveiro não há só ovos moles e o Mercantel é prova disso. O restaurante ganhou nova vida e agitou os canais da Veneza Portuguesa, junto ao mercado.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Ir a este restaurante de Guimarães é um bom Deal

A comida é sempre o ponto mais importante - e nisso o Deal não falha -, mas este restaurante de Guimarães tem os olhos na sustentabilidade. O futuro nasceu na Cidade de Berço.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

O Caçador, o restaurante com o maior nome do mundo

O Caçador parece um nome curto? Então e se lhe juntarmos um "Pescador", "outros mentirosos" e uma troca de nota? Conheça um especialista em frango da guia no Norte.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Alkymia. Afinal há peixe na montanha

Neste episódio, vamos ao restaurante Alkymia, na Covilhã, que mostra que também há bom peixe num restaurante longe do mar.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

O restaurante que nunca mudou a carta

O restaurante do hotel Four Points, em Matosinhos, surpreende pela juventude, mas principalmente pelo menu. Reza a lenda que nunca mudou, mas... será isso bom ou mau?
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Porta-enxerto. O nome peculiar que podia ser museu

De nome peculiar em nome peculiar - o dono Hermenegildo ajuda - o Porta-Enxerto, em Famalicão, podia ser antes um museu. Um restaurante para se ter paladar para a comida e olhos para as paredes.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Cisma, o restaurante que nasceu do amor

Um casal apaixonou-se e aventurou-se no negócio da restauração. Foi dentro do Cisma que casou e mostrou que Matosinhos poder ser muito mais do que apenas marisco.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Não há bacalhau como o da Julinha!

Neste episódio passamos pela primeira vez na Trofa, com promessa de voltarmos de novo. E ainda que fique a uns minutos de distância, a grande estrela do Julinha vem de outra cidade: de Braga.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

"Nunca tinha navegado neste banho de cultura"

Foi uma estreia total: "nunca nesta boquinha tinha entrado comida Vietnamita". Nesta edição conhecemos o restaurante "Bếp Việt" que promove a cultura do Vietname no Porto.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Uma vista de cortar a respiração mas não a fome

Não só o que se come, mas também o que se vê. No Dona Elvira, pode degustar uma boa refeição enquanto se delicia com as vistas do Cávado e as suas margens. O bacalhau à Braga é obrigatório na estreia.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

"Filhos de Moura" tem leitão bizarro ou bísaro?

O restaurante Filhos de Moura é em Aboim, perto de Amarante e muito conhecido pelo leitão bísaro, que alguns confundem com leitão bizarro.
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

O restaurante que podia ser o Rock in Rio Douro

Voltamos às margens do Douro, desta vez à Afurada ao restaurante "Armazém do peixe". As aparências iludem neste espaço que passou de ser uma ruína para ser "tudo à grande".
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

O restaurante mais pequeno do mundo

O Lessa, em Leça da Palmeira, não se mede aos palmos. A avaliar pela cozinha mais transparente do Porto e arredores, podemos atirar-nos com confiança para os pratos leves de verão
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

O Cortesia é uma história de amor

Apesar de ter origem numa história de amor, este restaurante da Póvoa de Varzim não tem nada a ver com um restaurante familiar. A cozinha mediterrânica é o prato forte deste espaço perto da praia
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Pedir um bife na Mariana é inconstitucional

O Robalo com algas na Mariana, em Afife, é a estrela da companhia e pode ser comido numa de duas salas que em nada são iguais. Para sobremesa venha o Leite Creme ou o Pudim Abade de Priscos
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

No Valério apagamos um fogo que arde sem se ver

Em Mangualde pedimos para a mesa um Arroz de Borrego no forno, Folhado de Vitela Esfarrapada, Arroz de Entrecosto em Vinha de Alhos ou bacalhau com broa. Para a sobremesa, queijo da serra
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Em Gaia, com um Pessegueiro na mão a olhar o Douro

Quem foi ao Enoteca de Gaia ver o São João ficou bem servido, agora fica bem servido se lá for comer os melhores ovos rotos de 2023. A garrafeira não deixa nada a desejar
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

A casa das carnes premium e super premium

No Meat de Famalicão começamos pelo Preliminar, um cocktail que abre caminho para os Tacos de Camarão ou um Tártaro de Novilho. O Arroz de Fumeiros, o Brás de Cogumelos ou o Puré Trufado vêm depois
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

As Caldas e a genuinidade do melhor italiano

Com a chegada do FM da Rádio Observador às Caldas da Rainha, fomos ao melhor italiano da região Oeste. O Sabores de Itália fica na Praça do Peixe e faz jus ao nome com Castanhas, boletos e trufas
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Na Casa do Avô comemos Xerém com tudo

Em Vale da Parra, no Algarve, o Xerém, uma espécie de farinha de pau, é servido com conquilhas ou berbigão. Para quem quiser alternativas há Lulas Cheias, Lombo de Javali ou Galinha Cerejada
Por Pratos Nunca Dantes Navegados

Um jantar com vista para a história de Guimarães

Antes de entrarmos no Hool de Guimarães estamos obrigados a passear pela zona histórica que é Património da Humanidade, um dois em um. As saudações do chef são maravilhosas para a visão e o palato

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Desde 0,18€/dia
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Desde 0,18€/dia
Em tempos de incerteza e mudanças rápidas, é essencial estar bem informado. Não deixe que as notícias passem ao seu lado – assine agora e tenha acesso ilimitado às histórias que moldam o nosso País.
Ver ofertas