Paulo de Almeida Sande

Colunista

Artigos publicados

Crónica

Despedida /premium

166
Foi um gosto ter escrito aqui durante 4 anos e meio, desde o 1º dia. Conheci a ambição, alegrei-me com o crescimento, rejubilei com o sucesso. Escrevi, em total liberdade, sobre os mais variados temas
Brexit

Modo de sobrevivência /premium

Se houver visão, espírito grande e coragem, os líderes políticos britânicos tomarão a decisão certa e, com espírito democrático e a lucidez de perceber o que está em jogo, devolverão a palavra ao povo
Reino Unido

To brexit or not to Brexit, that is the question /premium

Não sei se vai ou não haver referendo, nem se vai ou não haver Brexit, sei que ainda há tempo para evitar o resultado de uma decisão baseada em promessas impossíveis. Assim haja vontade.
Corrupção

Pai, estou preso /premium

299
Durante anos, muitos empresários, gestores, políticos, agentes de futebol, prevaricaram. Corrompidos ou corruptores, viveram acima daquilo que os seus rendimentos legítima e publicamente permitiam.
Eleições no Brasil

O povo não gosta de casamentos à primeira vista? /premium

A seu tempo, com o recuo e a mediação de formas adequadas de filtragem dos factos, a democracia regenerar-se-á graças ao poder da Internet e do digital. O que não se fará contra as elites, ou sem elas
Angela Merkel

O fim (de uma) história… /premium

Ainda é cedo para determinar o lugar de Merkel na História, mas algo é certo: a saída de cena da “mutti” alemã pode ser o advento de uma época nova em que o poder da Alemanha revelar-se mais assertivo
Internet

As notícias estão loucas? /premium

No mundo pós-verdade, ou auto-verdade, a mentira prolifera: na falsificação de resultados eleitorais, na manipulação dos factos, na criação de ambientes propícios a certas propostas políticas.
Brexit

Não há divórcios suaves /premium

O problema do Brexit é ser uma espécie de quadratura do círculo e dificilmente o divórcio será suave. Não há divórcios suaves. Sobretudo quando a data está marcada e o relógio continua a bater.
Violação

Em defesa de Ronaldo /premium

977
Cristiano Ronaldo é um dos heróis modernos de Portugal, talvez o seu nome maior, e por isso mesmo os portugueses, mais do que qualquer outro povo, deveriam fazer profissão de fé na sua inocência.
Envelhecimento

No país do “has been” /premium

Somos portugueses e temos orgulho em sê-lo, importa que Portugal reconheça todos, novos e velhos, façam o que fizerem ou tiverem feito, coisas grandes ou modestas, como o seu mais importante capital.
Estados Unidos da América

O fim do trumpismo /premium

Em Novembro não há apenas eleições para o Congresso dos EUA, está também em jogo o planeta, a escolha entre a cooperação frutífera e pacífica e um encarniçado nacionalismo, nativista e proteccionista.
Hungria

Nevermore: a União Europeia vive /premium

A União Europeia deu um forte sinal político através de duas das suas instituições mais importantes contra a ideia de que o continente pode voltar a conhecer governos não democráticos, iliberais.
Benfica

A chama imensa /premium

117
Se se provar, de sentença passada que o meu clube, o Benfica, este presidente, estes senhores, agiram contra a consciência do colectivo dos benfiquistas, eu espero também que justiça seja feita.
Relações Internacionais

Adeus coragem /premium

McCain morreu. O caminho que levamos na Europa, e por todo o Mundo, baseado na xenofobia, no iliberalismo democrático, na rejeição do multilateralismo, onde nos levará? Essa é a pergunta que interessa
Panteão Nacional

O Panteão não é para todos? /premium

Não, o Panteão não pode ser para todos. Primeiro porque não caberíamos lá (mas isso resolve-se). E porque se todos fossemos para o Panteão é como se ninguém fosse para o Panteão.
Grécia

A estética ética da propaganda norte-coreana /premium

De Varoufakis às redes sociais, dos comentadores de esquerda, direita e extremas, todos parecem conhecer a solução mágica e quase todos culpam a União, como se não tivesse sido ela a salvar a Grécia.
Crónica

Diálogos de um Verão abrasador /premium

Vocês podem limpar as matas à vontade, isto vai arder tudo na mesma, se não for neste ano, é no próximo”, o miúdo anda armado em ecologista, felizmente o pai riposta, homem batido.
Aquecimento Global

Heat: ficção científica /premium

Chegámos a este último quartel do século com pouca esperança de remissão. Nada ou pouco fizemos quando o que tivéssemos feito teria sido ainda a tempo de inverter o plano inclinado que nos trouxe aqui
Ciência

Casillas na Lua sem bola /premium

Livre arbítrio e respeito pelas opiniões alheias são importantes numa sociedade cada vez mais polarizada, mas não podem sacrificar a verdade. E não, 2+2 não são 22. Não, a ida à Lua não é uma cabala.
Crónica

Crónica de Verão: acantologia da minha avó (ii) /premium

São “baboseiras”, palavras vulgares, lugares-comuns (isto é, comuns no tempo da minha avó que viveu ainda a 1ª República) contra os cânones e em nome de sentimentos nobres que já quase não valorizamos
A página está a demorar muito tempo.