José Miguel Pinto dos Santos

Convidado

Artigos publicados

Educação

A hora da flexi educação

405
A formação profissional ministrada nos cursos universitários é demais na irrelevância e de menos no desenvolvimento de competências precisas para o sucesso numa carreira e na autonomia dada aos alunos
Partidos e Movimentos

O Amante da Natureza não vota no partido das focas

1471
Tal como os leopardos marinhos, o pan também é um partido muito fofinho. Tal como os leopardos marinhos também é uma besta que procura desarticular a sociedade portuguesa abanando-a com toda a força.
Liberdades

Pelo direito à diferença

525
Excetuando as geradas por injustiças sociais, todas as outras diferenças devem ser bem-vindas pois trazem variedade à vida, porque permitem o livre desenvolvimento individual e porque não são injustas
Eleições

Prometido é devido

734
Estamos a entrar em tempo eleitoral quando tudo e o seu oposto é prometido com impunidade. Não estará na hora de tornar os políticos pessoalmente responsáveis pelas promessas que atiram aos eleitores?
Socialismo

Má-fé socialista /premium

780
Não é a situação social em Portugal muito melhor que na Venezuela — e que nos outros países socialistas? Sim, mas quem está mais avançado na implantação do socialismo, Portugal ou Venezuela?
Testamento vital

Mais vale nomear… quando não se pode remediar /premium

279
É melhor não nomear como Procurador de Cuidados de Saúde esposo, ascendente, descendente ou outra pessoa que nos considere uma espécie de, ou complemento da segurança social.
Testamento vital

Mais vale prevenir… quando não se pode remediar

485
Evite a palavra “morte” porque este é um conceito elástico, especialmente quando é definido como “morte cerebral", como é corrente, que pode ser usado de modo pouco escrupuloso para matar uma pessoa.
PCP

PCP: partido liberal falhado?

513
Será então que a proposta eleitoralista de taxar depósitos acima de 100 mil euros um desvio liberal de um partido warxista? De modo algum. Não só é iliberal como irá agravar a próxima crise económica.
Eutanásia

Esclarecimento público

966
A morte de Vincent Lambert deveu-se a lhe ter sido tirada a alimentação e hidratação. Embora pudesse vir a morrer à fome, morreu à sede à medida que vários órgãos foram colapsando por falta de fluídos
Viana do Castelo

As rãs e o prédio Coutinho

618
Sobra a questão: como pode isto acontecer num Estado dito de direito? E não só isto, mas toda a arbitrariedade estatal e impunidade dos detentores de cargos públicos que constantemente é noticiada?
Aborto

The terminators

686
Se o caso tivesse ocorrido no sul profundo dos Estados Unidos na primeira metade do século XX, ou na Alemanha dos anos 30, ninguém se espantaria. Mas ocorreu num país da União Europeia há duas semanas
Crescimento Económico

Será incompetência? Ou será de propósito?

492
Mas será tanta incompetência humanamente possível? Será tanta insistência em políticas e regulamentos que destroem a economia apenas um erro com os qual os nossos governos nunca aprendem?
Aborto

Devolver o bebé

549
E em Portugal, será que algum dos nossos bonzos se atreve a subir ao púlpito para explicar aos seus paroquianos a imoralidade do todo o tipo de assassínio?
Maternidade

Amor de Mãe

335
A essência de ser mãe é dar vida. E proteger, nutrir e amar essa vida, mesmo à custa de sacrifício pessoal.
Finanças

Um bitcoin por uma incrível taça de chá /premium

626
Qual é o valor de um bitcoin? Uma barra de ouro, uma casa ou um quadro de Picasso? É exatamente igual àquilo que nós, os homens, na nossa inconstância e vaidade lhe queiramos dar. Nem mais, nem menos.
Identidade de Género

Vénus e a doninha

304
É frequente o poder político e judicial pensar que é Vénus e que ao mudar o nome consegue também alterar a essência às coisas. E, ao contrário da fábula, são cada vez mais as doninhas que ganham juízo
Aborto

Os inviáveis

565
A contradição-interna mais gritante do estado“-social” é que, sob o pretexto de defender umas pessoas vulneráveis, permite que se liquidem outras pessoas ainda mais vulneráveis.
Estado Social

Os três princípios da reta solidariedade

295
Um Estado que faz mal o que deve fazer e deve fazer bem, e que faz ineficiente e deficientemente aquilo que não precisa de fazer, não é um Estado solidário, é um Estado degradante. E degradado.
Crónica

Quem roubou da nossa Caixa?

323
Será um rasto de papel e a dita incapacidade de identificar os autores das concessões danosas de crédito evidência suficiente para mostrar que esta espécie de roubo já não é crime na nossa república?
Japão

Pegar o touro pelos cornos

344
Não deixa de ser irónico que as potências por detrás da intransigência doutrinária da Comissão Baleeira Internacional sejam as mesmas que, no século 19, exigiram ao Japão que lhes abrisse os portos...
A página está a demorar muito tempo.