456kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Conversas à Quinta

Conversas à Quinta

França, Andaluzia e Colômbia: liberalismo à prova

Em França os extremos cresceram, e muito. Na Andaluzia a velha direita impôs-se. E na Colômbia triunfou um radical de esquerda. O que nos dizem 3 eleições sobre a resistência das instituições liberais
Conversas à Quinta

Pedro o Grande, herói de Putin, criador do império

Putin justificou a invasão da Ucrânia recordando a Grande Guerra do Norte e as batalhas de Pedro o Grande contra os suecos. Mas quem foi este czar que fundou São Petersburgo e criou o império russo?
Conversas à Quinta

Monarquias britânica e espanhola, qual a melhor?

O jubileu de Isabel II consagrou a monarquia britânica, o regresso a Espanha do rei emérito fez tremer a espanhola. Mas as aparências muitas vezes iludem e estas monarquias têm muito mais para contar.
Conversas à Quinta

A Colômbia está numa curva (apertada) da história

Conservadores e liberais por regra alternavam no governo da Colômbia mas nestas presidenciais estão na 2ª volta dois populistas, um de esquerda e um de direita. Mudança é certa, não se sabe para onde.
Conversas à Quinta

Mélechon, o homem que redefine a esquerda francesa

Pela primeira vez há muitos anos num grande país europeu é a esquerda radical que impõe coligações e linhas programáticas à esquerda moderada – porque é isso que Mélechon está a conseguir em França.
Conversas à Quinta

1822: D. João VI, D. Pedro, e o adeus ao Brasil

Há 200 anos o filho de D. João VI, que ficara no Brasil, garante que as leis de Lisboa só aí se aplicarão com a sua assinatura. Era a autonomia de facto, a independência viria com o Grito de Ipiranga.
Conversas à Quinta

Irlanda do Norte em mudança, ma non troppo

O Sinn Fein ficou em primeiro lugar das eleições na Irlanda do Norte, mas isso não significa que a independência esteja ao virar da esquina – até porque os acordos de sexta-feira santa não o permitem
Conversas à Quinta

Que é isso da Transnítria? E onde fica a Moldávia?

Com os russos a bombardearem Odessa começou a falar-se de um país que nunca existiu mas quer existir: a Transnítria. E também da Moldávia, o país mais pobre da Europa. Quem conhece estas realidades?
Conversas à Quinta

Alemanha está a ser prudente ou favorece a Rússia?

A Alemanha começou por resistir ao envio de armamento pesado para a Ucrânia e tem posto reservas a novas sanções na área da energia. Sinal de prudência ou regresso a posições mais pró-russas?
Conversas à Quinta

Suécia, Finlândia: o porquê do fim da neutralidade

Na Finlândia já se iniciou o processo formal para debater a adesão à NATO, na Suécia a maioria da população deseja o mesmo. Mas como é que chegámos ao fim de uma velha tradição de neutralidade?
Conversas à Quinta

Que esquerda e direita no duelo Macron/Le Pen?

A esquerda e a direita tradicionais saíram em escombros da primeira volta de umas presidenciais francesas com profundas implicações políticas. Depois da hecatombe, que sobra da política institucional?
Conversas à Quinta

Angola ainda longe do futuro 20 anos depois da paz

Foi a 4 de Abril de 2002 que terminou uma das mais longas guerras africanas – colonial primeiro, civil depois. Mas a persistência do modelo patrimonialista no poder de Luanda empobreceu um país rico.
Conversas à Quinta

Madeleine Albright: o brilho duma vida excepcional

Nasceu em Praga mas foi a primeira mulher a tornar-se secretária de Estado (o equivalente a ministro dos Negócios Estrangeiros) dos Estados Unidos. Memórias e lições de uma vida (mesmo) fora do comum.
Conversas à Quinta

Foi já há 100 anos que começou o tempo de Estaline

Foi a 3 de Abril de 1922 que Estaline chegou a secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética. Lenine ainda era o líder supremo pelo que poucos adivinhavam o que vinha aí: o poder absoluto.
Conversas à Quinta

Uma aliança com 650 anos ainda faz sentido?

Já começaram as comemorações dos 650 anos da Aliança Luso-Britânica, a mais velha aliança do mundo. O primeiro tratado foi assinado em Tagilde, Vizela, e poucos o recordam, mas certo é que sobreviveu.
Conversas à Quinta

Quase esquecemos Gago Coutinho e Sacadura Cabral

A travessia aérea do Atlântico Sul foi há 100 anos e foi um feito – pelo arrojo e pela forma como os dois aviadores testaram novos métodos de navegação aérea. Mas será que os celebramos devidamente?
Conversas à Quinta

Há 50 anos em Pequim, “a semana que mudou o mundo”

Na última semana de Fevereiro de 1972 o presidente dos Estados Unidos, Nixon, viajou até Pequim para se reunir com o presidente Mao e alterar as regras de um jogo que antes era a 2 e passou a ser a 3.
Conversas à Quinta

Ucrânia: Como levar a melhor ao lidar com Putin?

O líder russo avançou as suas peças – mais de 100 mil homens em “manobras militares”. Desta vez os Estados Unidos e a NATO responderam com ameaças credíveis. O braço de ferro parece mais equilibrado.
Conversas à Quinta

Isabel II e o segredo da longevidade de uma rainha

Isabel II começou a reinar há 70 anos num mundo e numa Inglaterra bem distintos dos de hoje. Sem ter nascido para ser rainha, reinou com uma elegância e serenidade mesmo quando isso parecia impossível
Conversas à Quinta

A Europa mudou há 30 anos. Em Maastricht

Era uma Europa ainda a 12 e desses 12 um já partiu. Mas a 6 de Fevereiro de 1992, em Maastricht, a assinatura do novo tratado relançaria uma Europa com moeda única e cidadania partilhada. Que balanço?
Conversas à Quinta

100 anos depois, eis “Ulisses” e “O Malhadinhas”

Podíamos imaginar romances mais diferentes, “Ulisses” de James Joyce, e “O Malhadinhas” de Aquilino Ribeiro? Dificilmente. E o que nos dizem sobre os países e o mundo em que foram publicados, em 1922?
Conversas à Quinta

Irlanda independente nasceu há 100 anos. Dividida

Foi em Janeiro de 1922. O Parlamento da Irlanda aprovou o acordo para a criação do Irish Free State, entre profundas divisões que levariam a uma guerra civil. 100 anos depois há divisões que persistem
Conversas à Quinta

O império russo ainda chega ao Cazaquistão

Putin não tem dúvidas: não haverá mais “revoluções coloridas”. Por isso foi em socorro das autoridades do Cazaquistão, onde a repressão da revolta fez mais de 200 mortos. O Ocidente nem pestanejou.
Conversas à Quinta

Adeus Mao, adeus Deng, viva a doutrina Xi Jinping

Os 100 anos do Partido Comunista da China foram pretexto para a elaboração de um novo documento orientador, depois dos de 1945 e 1981. É a consagração do pensamento de Xi Jinping, o líder incontestado
Conversas à Quinta

30 anos depois, já podemos agradecer a Gorbatchov?

A 25 de Dezembro de 1991 Mikhail Gorbatchov renunciou ao cargo de Presidente da União Soviética, pondo fim ao regime fundado por Lenine. 30 anos depois, que balanço fazer da implosão do comunismo?  
Conversas à Quinta

Vídeo. O que pretende Putin ao ameaçar a Ucrânia?

Há semanas que tropas russas se concentram na fronteira leste da Ucrânia. O que quer Putin? Anexar as províncias de maioria russa, como fez com a Crimeia? Ou apenas evitar que a Ucrânia entre na NATO?
Conversas à Quinta

O que pretende Putin ao ameaçar a Ucrânia?

Há semanas que tropas russas se concentram na fronteira leste da Ucrânia. O que quer Putin? Anexar as províncias de maioria russa, como fez com a Crimeia? Ou apenas evitar que a Ucrânia entre na NATO?
Conversas à Quinta

Faz 80 anos que Hitler começou a perder a guerra

Foi em Dezembro de 1941 que o ataque a Pearl Harbor arrastou os EUA para a guerra, mas foi também nesse mês que o exército alemão estacou frente a Moscovo. Pela primeira vez, os russos contra-atacaram
Conversas à Quinta

Faz 80 anos que Hitler começou a perder a guerra

Foi em Dezembro de 1941 que o ataque a Pearl Harbor arrastou os EUA para a guerra, mas foi também nesse mês que o exército alemão estacou frente a Moscovo. Pela primeira vez, os russos contra-atacaram  
Conversas à Quinta

Que livros oferecer no Natal? Veja estas sugestões

Dúzia e meia de sugestões que incluem história, religião, literatura, fotografia e, este ano, até banda desenhada. Um Conversas à Quinta clássico que também regressa nesta edição ao formato com vídeo.
Conversas à Quinta

Há 50 anos, os dias dos Açores no centro do Mundo

Em Dezembro de 1971 o Mundo não sabia como responder à inflação o que reuniu os presidentes dos Estados Unidos, Nixon, e França, Pompidou, numa cimeira nos Açores. Com Marcello Caetano como anfitrião 
Conversas à Quinta

COP26: o copo ficou meio cheio ou meio vazio?

Terminou a cimeira de Glasgow e os balanços dividem-se entre os que desejavam mais e os que saúdam os avanços conseguidos. Revisita a um processo e ao caminho já percorrido desde o Acordo de Paris.
Conversas à Quinta

Marrocos e Argélia, uma quase-guerra aqui ao lado

A tensão entre Marrocos e a Argélia atingiu níveis de quase-guerra e já levaram ao corte do abastecimento do gás a Portugal e Espanha que chegava pelo estreito de Gibraltar. Como chegámos a tal ponto?
Conversas à Quinta

Varsóvia, Budapeste e Bruxelas: um choque europeu

Primeiro foi a Hungria, depois foi a Polónia. Comissão e Parlamento europeus pressionam os regimes de Budapeste a Varsóvia, mas teme-se que as divisões no seio da UE sejam mais profundas e duradouras.
Conversas à Quinta

200 anos depois, porque ainda lemos Dostoiévski?

Fiódor Dostoiévski nasceu há 200 anos e os seus livros, como “Os Irmãos Karamazov”, continuam a encantar gerações. O que explica a longevidade de um escritor que captou a alma russa como nenhum outro?
Conversas à Quinta

França: a estranha pré-campanha das presidenciais

Eric Zemmour é apenas um jornalista, anda pelo país a lançar um livro mas cada sessão de autógrafos é como um comício eleitoral. Do nada o polemista tornou-se um fenómeno. Que raio se passa em França?
Conversas à Quinta

A noite em que I República morreu (moralmente)

Há 100 anos, a 19 de Outubro de 1921, uma “camioneta fantasma” andou por Lisboa e levou para a morte um ex-primeiro-ministro e vários heróis da implantação da República. O regime sofreu um abalo fatal
Conversas à Quinta

Tintin, Hergé: as nossas infâncias são eternas

Tintin está em Lisboa numa exposição e nós viajámos até ao seu mundo com muitas recordações de como conhecemos o pequeno herói (e o seu Milou) e algum debate sobre as controvérsias da vida de Hergé.
Conversas à Quinta

A aliança do Pacífico que quase submergiu a França

Tem um nome estranho – Aukus –, junta Estados Unidos, Austrália e Reino Unido mas teve ondas de choque em França por causa de uns submarinos. As consequências da prioridade americana dada ao Pacífico.
Conversas à Quinta

700 anos depois, o que devemos ainda a Dante?

Deixou-nos “A Divina Comédia” e a língua italiana, foi um humanista antes do Renascimento e alguém que criticou Papas mas que hoje os Papas respeitam e cultivam. Quem foi afinal Dante Alighieri? 
A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.