Dia 29 de novembro de 2023. Esta quarta-feira vai ser a votação final global do Orçamento do Estado para 2024, sabendo-se que deverá ser revisto caso as eleições de março do próximo ano traga novo(s) partido(s) governativo ao país. E é só o que o Presidente aguarda para dissolver a Assembleia da República. É um Orçamento que viu no Parlamento, em sede de especialidade, ser alterada a medida mais polémica que traria aos carros anteriores a 2007 um agravamento severo no imposto único de circulação. Já com eleições à vista, o PS travou a intenção do “seu” Governo.

E foi uma das principais alterações em especialidade. Aconteceu no terceiro dia de votações na especialidade em sede de Comissão de Orçamento e Finanças.

Agravamento do IUC do Governo durou 48 dias. PS dá pouco à oposição no terceiro dia de votações em que se aprovaram os impostos

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.