788kWh poupados
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Conselho das Finanças Públicas

Conselho das Finanças Públicas

CFP pede "responsabilidade" ao governo e partidos

Nazaré Costa Cabral apela a que medidas como a recuperação do tempo de serviço dos professores ou suplemento dos polícias sejam devidamente quantificadas para se saber o seu efeito no saldo primário.
Conselho das Finanças Públicas

CFP pede políticas compatíveis com menos dívida

CFP defende que novos decisores devem desenhar política orçamental que não seja "cega" face ao futuro. Mas também diz que a atenção à dívida não deve "comprometer" a coesão social.
Segurança Social

FEFSS deve ter condições fixadas para utilização 

A CFP aponta que as condições sob as quais se pode utilizar o fundo devem estar previamente fixadas. Fizeram também críticas ao ponto jurídico-financeiro que "abre a porta a utilizações espúrias"
Crescimento Económico

CFP vê Portugal a crescer 1,2% até 2037

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) vê Portugal crescer em média 1,2% entre 2023 e 2037. Fala em desafios para as finanças públicas, nomeadamente relacionados com a defesa.
Orçamento do Estado

Governo não respeita limite à despesa, diz CFP

O CFP admite que o excedente, se alguns riscos se materializarem, pode não concretizar-se. Para já, no entanto, acredita que o saldo será maior do que o previsto pelo Governo, atingindo 1%.
Conselho das Finanças Públicas

CFP melhora projeções do PIB e inflação para 2023

Conselho das Finanças Públicas está mais otimista também no saldo orçamental e já fala em excedente de 0,9% (sem novas medidas). Para 2024, crescimento do PIB é revisto em baixa.
Obituário

In memoriam de Teodora Cardoso

A Drª Teodora Cardoso é credora da admiração e da recordação de todos aqueles que apostam num sobressalto cívico do país e na valorização dos exemplos cimeiros de serviço público.
Economia

Inflação não está controlada; economia cresce 3%

Nazaré da Costa Cabral recorda o comportamento favorável da economia no primeiro trimestre do ano, com um crescimento de 1,6% em cadeia mas acredita que o controlo da inflação é o grande desafio.
TAP

"Andamos sempre a navegar o caminho à vista"

"Continuamos a apostar na orçamentação de olhar com viés de curto prazo, que não serve o país", critica Nazaré da Costa Cabral, que alerta ainda para a necessidade de vender bem a TAP.
Ainda Bem que Faz Essa Pergunta

SNS. Quantos mais diagnósticos?

Há mais um diagnóstico arrasador para o SNS, desta vez por parte do relatório do Conselho de Finanças Públicas. Com tantos anúncios e promessas, o cenário parece cada vez pior. Até quando?
Conselho das Finanças Públicas

SNS gasta 170 milhões com prestadores de serviços

Em 2022 a despesa do SNS aumentou 22,4% face ao ano anterior. Contudo, as entidades que integram o SNS tinham 147.190 trabalhadores em 2022, mais 0,8% que em 2021.
Conselho das Finanças Públicas

Utentes sem médico de família cresceu 30% 

O aumento de mais de 355 mil utentes sem médico de família no último ano "torna menos exequível a cobertura plena da população" por esses especialistas, diz Conselho das Finanças Públicas.
Cuidados Continuados

Cuidados continuados. Lista de espera aumenta 19%

Alerta é do Conselho de Finanças Públicas: no ano passado, 1.562 pessoas esperavam por apoio da rede de cuidados continuados. Situação é mais complicada na região de Lisboa e Vale do Tejo.
Conselho das Finanças Públicas

SNS com défice superior a 1.066 milhões de euros 

No último ano, a despesa do SNS representou 5,5% do PIB e 12,3% da despesa pública total. Só em 2022 as despesas atingiram cerca de 13.168 milhões de euros, um aumento de 4,6% face ao ano anterior.
Fact Check

Quase todo o CFP tem "origem estrangeira"?

O órgão máximo do Conselho Superior de Finanças Públicas tem limites às nacionalidades na sua composição, mas as regras estão a ser cumpridas e a alegação feita nas redes sociais não é verdadeira.
Caixa Geral de Aposentações

CGA teve défice de 196 milhões, o 1.º desde 2014

Na ótica da contabilidade orçamental pública, a CGA registou o primeiro défice desde 2014. Resultados foram piores do que o previsto devido sobretudo ao pagamento da meia pensão em outubro.
Conselho das Finanças Públicas

Não atualizar escalões de IRS deu mais 549 milhões

Conselho das Finanças Públicas confirma que carga fiscal atingiu "um máximo histórico" em 2022. Execução do PRR "continuou a ficar muito aquém do previsto".
Contra-Corrente

Promessas por explicar, opacidade, exuberância...

O Conselho de Finanças Públicas criticou, a UTAO não perdoou: o Plano de Estabilidade 2023-2027 é um monte de palavras que pouco revelam ou explicam. É assim quando se governa em função das sondagens.
O Bom, o Mau e o Vilão

Não, o dinheiro público não é infinito

O Conselho das Finanças Públicas (que fez um alerta), os decisores políticos (que não se informam) e a troika dos ministros do parecer (que não se entendem) são o Bom, o Mau e o Vilão.
Programa de Estabilidade

Aumento de pensões condiciona subida de salários

O Conselho das Finanças Públicas realça que o aumento intercalar nas pensões vai além da reposição de poder de compra e pode comprometer subidas salariais no futuro.
TAP

TAP. Estado deve recuperar injeções, diz CFP

Presidente do Conselho das Finanças Públicas defende que o Estado deve reaver injeções de capital na TAP, apontando o caso de outras companhias aéreas, que tiveram “o cuidado” de devolver.
Finanças Públicas

CFP: Equilíbrio aparente "não nos deve apaziguar"

Medidas de apoio seletivas, definir prioridades para gastos públicos, olhar adequadamente para lei da atualização das pensões. São as sugestões de Nazaré da Costa Cabral, em entrevista ao Observador.
Conselho das Finanças Públicas

Banca. CFP não vê contágio de turbulência

CFP diz que ainda não tem "indicação" de que situação bancária mundial afete as projeções para a economia portuguesa. Mas situação do país "não é ainda completamente tranquilizadora".
Finanças Públicas

Contas públicas caminham para o equilíbrio em 2025

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) estima que 2023 e 2024 ainda sejam anos com défices. E vê, nas suas projeções económicas, o desemprego a agravar-se.
O Bom, o Mau e o Vilão

Na habitação, o Estado quer, pode e manda

O Conselho das Finanças Públicas (que olhou para as contas), o bispo de Beja (que teve um "esquecimento) e António Costa (que pôs o Estado a mandar na Habitação) são o Bom, o Mau e o Vilão.
Empresas Públicas

Governo atrasa contas das empresas públicas

Só um pouco mais de metade das contas das empresas públicas de 2021 recebeu já aprovação por parte da tutela, que está atrasada também na aprovação dos planos orçamentais, denuncia o CFP.
Orçamento do Estado

CFP prevê défice de 1,1% em 2023, pior que Medina

Em setembro admitia que as contas públicas até podiam chegar a um ponto de equilíbrio em 2023. Mas agora o CFP já estima um défice até superior ao projetado pelo Governo para o próximo ano.
E o vencedor é...

Descentralização. E a Fenprof servia para quê?

Fenprof recusa possibilidade das escolas poderem vir a escolher os docentes. O interesse corporativo está acima do dos professores. Precisamos de mais Conselhos de Finanças Públicas em várias áreas.
O Bom, o Mau e o Vilão

O ministro que fala como Nostradamus e Zandinga

A presidente do Conselho das Finanças Públicas (que fala claro), o SNS (que continua com problemas) e o ministro da Economia (que mistura economias livre e autoritárias) são o Bom, o Mau e o Vilão.
Conselho das Finanças Públicas

CFP vê economia a crescer 1,2% em 2023

O Conselho de Finanças Públicas reviu em baixa as previsões de crescimento do PIB para 2023, e considera que até podem ser otimistas face às perspetivas "menos animadoras" que podem concretizar-se.
Conselho das Finanças Públicas

Costa, Centeno e CFP: o "rigor" apesar da "tensão"

Primeiro-ministro chegou a caraterizar previsões do CFP de 2016 como um "monumental falhanço", mas agora fala em "rigor" e "independência". Já o ex-ministro Mário Centeno reconhece que houve tensões.
Conselho das Finanças Públicas

CFP defende inclusão do clima nas projeções

Conselho das Finanças Públicas alertou para "o papel preponderante da dimensão climática na formulação das políticas económicas e orçamentais no curto, médio e longo prazo".
Explicador

PRR. Atraso pode dever-se à "mudança de governos"

Ex-ministro da economia, Manuel Caldeira Cabral, admite esta transição pode ter causado atrasos no PRR. Apesar de considerar o cenário "normal", diz que "é preciso garantir que não há derrapagens".
Finanças Públicas

Cativações de 2021 foram das mais baixas

Em 2021 foram cativadas despesas de mais de mil milhões, mas foram descativados mais de 700 milhões. Ou seja, as cativações finais ficaram em 317 milhões, um dos níveis mais baixos dos últimos anos.
PRR

Execução do PRR em 2021 "muito aquém" do previsto

Em 2021, a execução do PRR ficou em 90 milhões de euros, cerca de 80% abaixo do previsto nos documentos orçamentais, indica o Conselho das Finanças Públicas.
Conselho das Finanças Públicas

"Tudo aponta" para inflação mais alta do que no OE

Presidente do CFP não avançou com uma revisão da projeção, mas diz que "tudo aponta" para que isso tenha de acontecer. E considera que o país não está "a aproveitar a conjuntura económica favorável".
Orçamento do Estado

CFP. Os sete riscos que podem descarrilar o défice

Conselho das Finanças Públicas diz que metas do défice e da dívida do Orçamento do Estado são "passíveis de atingir, assim não se materializem a totalidade dos riscos descendentes" que existem.
Conselho das Finanças Públicas

Faltam "esforços adicionais" para manter reformas

Num relatório sobre sustentabilidade, o CFP alerta para a pressão na despesa pública do envelhecimento da população. E defende “esforços adicionais” para que se mantenham os benefícios atuais.
Conselho das Finanças Públicas

Estado está a aumentar despesa "rígida", avisa CFP

Despesa primária em 2022 será 3,4 pontos percentuais do PIB acima da de 2019, mesmo excluindo as medidas da pandemia. Mais de dois terços são despesas com "elevado grau de rigidez".
Coronavírus

Metade do défice de 2020 devido à pandemia e TAP 

Mais de metade do défice de 2020 deve-se ao às medidas de resposta à pandemia e de apoio financeiro à TAP e SATA. Mas as cativações de 410 milhões foram as mais baixas desde que o PS chegou ao poder.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Assine por 19,74€

Apoie o jornalismo independente

Assinar agora